ENTREMEIO: POESIA E CULTURA POPULAR NOS VAQUEIROS DE GUIMARÃES ROSA

Autores

  • Ivana Ferrante Rebello Universidade Estadual de Montes Claros/ UNIMONTES

DOI:

https://doi.org/10.48075/rlhm.v13i22.17802

Palavras-chave:

Guimarães Rosa, vaqueiros, cultura popular, estética.

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão sobre os vaqueiros na obra de Guimarães Rosa. Para compor este personagem freequente de sua ficção, o escritor também se veste de vaqueiro, tornando-se ele próprio um personagem. Essa operação, que aproxima linguagens e perspectivas diferentes, é, nesta análise, apresentada como uma traduição criativa, onde a cultua popular e aestética se encontram.

 

 

 

Biografia do Autor

Ivana Ferrante Rebello, Universidade Estadual de Montes Claros/ UNIMONTES

Doutora em literaturas de língua portuguesa; professora titular de Literatura brasileira da Universidade Estadual de Montes Claros/ UNIMONTES, proessora do Programa de pós-graduação em Letras/ Estudos literários da UNIMONTEs, coordenadora adjunta do mestrado em Letras/ Estudos literáriso da mesma instiutuição. Autora dos livros Papagaio conta a história: aproximaçoes ente Macunaíma e Iracema; O anel que tu me deste: História de amor em Grande sertão: veredas.

Downloads

Publicado

31-12-2017

Como Citar

REBELLO, I. F. ENTREMEIO: POESIA E CULTURA POPULAR NOS VAQUEIROS DE GUIMARÃES ROSA. Revista de Literatura, História e Memória, [S. l.], v. 13, n. 22, p. 91–102, 2017. DOI: 10.48075/rlhm.v13i22.17802. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/rlhm/article/view/17802. Acesso em: 27 maio. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ LITERATURA KITSCH E CULTURA POPULAR