A POSIÇÃO DO NARRADOR E OUTRAS TÉCNICAS NO ROMANCE MACHADIANO

Autores

  • Fabrício César de Aguiar

DOI:

https://doi.org/10.48075/rt.v12i27.14222

Palavras-chave:

posicionamento do narrador, técnicas narrativas, inovação machadiana

Resumo


O estudo em questão visa estudar o romance Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis. Serão discutidos os aspectos tanto de conteúdo, no que diz respeito às criticas e reflexões incitadas pelo autor, quanto da forma, sendo neste ponto destacados os recursos técnicos utilizados para a construção inovadora da obra, como: o posicionamento do narrador, as marcas de narratario, a (des)construção do enredo, as digressões, as caracterizações das personagens e os recursos criados para estimularem a reflexão do leitor. No que diz respeito à análise, esta será ancorada nos conceitos da Teoria Literária, com um embasamento central na teoria defendida por Theodor Adorno em seu texto intitulado A posição do narrador no romance contemporâneo.

Downloads

Publicado

13-10-2016

Como Citar

DE AGUIAR, F. C. A POSIÇÃO DO NARRADOR E OUTRAS TÉCNICAS NO ROMANCE MACHADIANO. Trama, [S. l.], v. 12, n. 27, p. 334–357, 2016. DOI: 10.48075/rt.v12i27.14222. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/trama/article/view/14222. Acesso em: 28 out. 2021.

Edição

Seção

Temas Livre