Uso da terra e cobertura vegetal na dinâmica erosiva linear das áreas rurais do município de Presidente Prudente, estado de São Paulo

Melina Fushimi, João Osvaldo Rodrigues Nunes

Resumo

Em meio aos diversos estudos realizados nos âmbitos geográfico e ambiental, a erosão é um dos assuntos mais enfatizados. Sua representatividade se contextualiza no cenário de degradação dos solos do terri­tório brasileiro associado à retirada da cobertura vegetal em virtude dos ciclos econômicos e usos inten­sos da terra. Nesse sentido, o objetivo principal do presente artigo foi analisar os aspectos de uso da terra e cobertura vegetal, os quais influenciam diretamente a dinâmica erosiva linear (sulcos, ravinas e voçoro­cas) das áreas rurais do município de Presidente Prudente-SP. Para tal, foi elaborado o mapa de uso da terra e cobertura vegetal do recorte de estudo na escala 1:25.000 no software SPRING 5.1.5®, utilizando imagens ALOS/AVNIR-2, com resolução espacial de 10 metros. O referido documento cartográfico subsi­diou a realização de trabalhos de campo, em que quatro pontos representativos de amostragem foram caracterizados. A área de estudo apresentou setores com matas ciliares e reflorestadas, solo exposto para posterior plantio de cana de açúcar, atividade canavieira e, principalmente, gramínea para pastagem. Enfim, o presente trabalho poderá contribuir para estudos posteriores, como vulnerabilidade e/ou fragi­lidade ambiental aos processos erosivos lineares, erodibilidade e fertilidade dos solos.

Palavras-chave

Vegetação, Solo exposto, Cana de açúcar, Gramínea, Pastagem

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.