A VIDA SOCIAL E A SOCIABILIDADE NA PEQUENA CIDADE DE NOVA TEBAS (PR)

Pedro Henrique Carnevalli Fernandes

Resumo

A cidade é um espaço de encontros. Porém, no mundo contemporâneo, essa afirmação tem se apresentado, cada vez, como um ideal utópico e distante da realidade que se revela. Na busca pelo alcance da sociabilidade, a grande motivação é o simples fato de estar em relação com alguém, ou seja, é por meio dos conjuntos de relações que os indivíduos concretamente existirão. O ser humano é, em sua essência concreta, um realizador de relações sociais e a sociabilidade é um anseio humano para encontrar um sentido de existência. Por isso, o objetivo principal deste artigo é compreender as transformações na vida social e na sociabilidade em pequenas cidades. Assim, embora pequenas demograficamente (e até espacialmente) e reconhecidas como espaços de sociabilidade primária e positiva, esses espaços têm vivenciado transformações nas relações sociais e de sociabilidade. O estudo ocorre na pequena cidade de Nova Tebas, localizada no interior do Estado do Paraná. Os procedimentos metodológicos foram: levantamento bibliográfico de assuntos pertinentes ao tema, levantamento de dados secundários do município, realização de trabalho de campo com aplicação de questionário na população local, e realização da redação final deste artigo. Os resultados revelaram que a vida social é comprometida em Nova Tebas, já que não há, praticamente, nenhum equipamento lúdico para a sociabilidade. Não há sequer uma praça. Além disso, embora os moradores se conheçam, a existência e a manutenção dos laços concretos de sociabilidade foram perdidos.

Texto completo:

PDF