A OCUPAÇÃO HISTÓRICO-GEOGRÁFICA E AS REDES DE DESENVOLVIMENTO NA CONSOLIDAÇÃO DA ESTRUTURA FUNDIÁRIA NO SUDOESTE PARANAENSE

Leomar Rippel, Adilson Francelino Alves, Clério Plein

Resumo


O objetivo deste artigo consiste em fazer uma análise histórica da ocupação da região Sudoeste do Estado do Paraná, enfatizando sua organização produtiva e estrutura fundiária. O método consiste na revisão da literatura produzida sobre tais processos com utilização de dados secundários. Os resultados demonstram o processo de constituição das várias redes curtas e longas de comercialização da economia cabocla, tais como erva-mate, suínos (safristas) e muares. Posteriormente, ocorre a ocupação oficial do território, numa declarada estratégia geopolítica, marcada pela luta e consolidação dos interesses dos posseiros na constituição da estrutura fundiária do Sudoeste do Paraná.


Palavras-chave


História; Organização produtiva; Sudoeste do Paraná.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Gestão e Desenvolvimento em Revista

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.




Gestão e Desenvolvimento em Revista

e-ISSN 
2446-8738

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Francisco Beltrão

Rua Maringá, 1200 - Bairro Vila Nova

Francisco Beltrão – Paraná - CEP: 85605-010

| gdemrevista@gmail.com |