A INFLUÊNCIA DOS RECURSOS E CAPACIDADES INTERNAS NO DESEMPENHO DO PRODUTO: UM ESTUDO NO SETOR DE CONSTRUÇÃO CIVIL EM MARINGÁ

Cleiciele Albuquerque Augusto, Priscila Ferri Oliveira

Resumo

O presente estudo teve como objetivo compreender, à luz da Visão Baseada em Recursos (VBR) e do modelo Estrutura-Conduta-Desempenho (ECD), como os recursos e capacidades internas infuenciam o desempenho do produto de empresas do setor de construção civil em Maringá. Para tanto, buscou-se avaliar os recursos e capacidades distintivas das empresas estudadas a partir do chamado modelo VRIO (Valor, Raridade, Imitabilidade, Organização), analisar como esses recursos identificados influenciam no desempenho do produto, bem como identificar os fatores internos que mais influenciam o desempenho do produto no setor de construção civil. Foram coletados dados através de entrevistas semiestruturadas com funcionários das empresas, sendo tratados e interpretados por meio do método de análise de conteúdo. Os resultados obtidos revelaram que os recursos e capacidades distintivas das empresas estudadas consistem, sobretudo, em recursos humanos e em recursos reputacionais. Observou-se que os recursos humanos contribuem na qualidade das obras, no design e no cumprimento do prazo de entrega. Por sua vez, os recursos reputacionais contribuem no desempenho das obras no sentido de manutenção de um padrão de qualidade e de diferenciação. Assim, concluiu-se que os recursos e capacidades internas podem influenciar o desempenho do produto, principalmente os aspectos de qualidade, de design e de diferenciação.

Palavras-chave: Visão Baseada em Recursos. Desempenho do Produto. Vantagem Competitiva. Setor de Construção Civil.

Palavras-chave

Visão Baseada em Recursos. Desempenho do Produto. Vantagem Competitiva. Setor de Construção Civil.

Texto completo:

PDF