A SUSTENTABILIDADE DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PELO OLHAR DE DIFERENTES ATORES: CONVERGÊNCIAS E DIVERGÊNCIAS

Victor Vieira Silva, José Batista de Souza Neto, Luiz Romeu de Freitas Júnior

Resumo


As organizações têm procurado realizar atividades sustentáveis que conciliem os aspectos sociais, econômicos e ambientais, dada a necessidade de mudança em suas ações frente aos problemas ambientais. Contudo, a divulgação dessas atividades nem sempre se mostra coerente com as percepções dos diferentes atores organizacionais. Por isso, o presente estudo propõe analisar as convergências e divergências entre o discurso organizacional de sustentabilidade e a compreensão de atores sobre suas práticas. Para atingir esse objetivo, realizou-se um estudo qualitativo e descritivo em uma instituição de ensino superior atuante na região do Alto Paranaíba, por meio de pesquisa documental e de entrevistas com quatro pessoas vinculadas à organização. Como resultado, verificou-se que, em ambos os discursos, há uma valorização das atividades de responsabilidade socioambiental desenvolvidas pela instituição e o reconhecimento da sua importância. Porém, nem sempre há o envolvimento de atores sociais na proposição das atividades voltadas à comunidade, como abordado no discurso oficial. Além disso, esse discurso não reconhece o caráter estratégico que a sustentabilidade tem para a instituição.


Palavras-chave


Responsabilidade Social; Sustentabilidade; Discurso Organizacional.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2019 Gestão e Desenvolvimento em Revista

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.




Gestão e Desenvolvimento em Revista

e-ISSN 
2446-8738

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Francisco Beltrão

Rua Maringá, 1200 - Bairro Vila Nova

Francisco Beltrão – Paraná - CEP: 85605-010

| gdemrevista@gmail.com |