DIALOGANDO COM O CAMPO DA POLÍTICA E A EDUCAÇÃO DO CAMPO NO ESTADO DO PARANÁ

Rozenilda Luz Oliveira Matos

Resumo

O presente artigo traz apontamentos resultantes da pesquisa de mestrado para o Programa de Pós Graduação em Educação, da Universidade Estadual de Maringá (UEM). A pesquisa aborda sobre a Educação do Campo e tem como norte o diálogo que envolve a construção de políticas públicas. Nesse diálogo apresento o pensamento de Nikos Poulantzas (1936-1979), Pierre Bourdieu (1930-2002) e Antonio Gramsci (1891-1937). Assim a presente pesquisa visa discutir o papel do Estado tanto como dominação hegemônica ou lugar de contradições e como manifestação de um duplo poder. Também aborda sobre a importância dos intelectuais para o avanço no campo bourdieusiano e as questões do poder adquirido e conquistado no campo. Nesse contexto a Educação do Campo vem com uma nova proposta de educação, dessa forma os intelectuais precisam compreender a política e como se dá o jogo no campo do poder dentro do Estado, instrumentalizar-se e ampliar o espaço de luta no sentido da busca pela humanização e das leis que regulamentam a sociedade, sem perder de vista o significado mais profundo de igualdade e justiça social.

Palavras-chave

Estado; políticas públicas; educação do campo

Texto completo:

PDF