CULTURA PATRIARCAL E REPRESENTAÇÃO DA MULHER NA LITERATURA

Mirele Carolina Werneque Jacomel, Cristian Pagoto

Resumo


O exame de obras da literatura de autoria feminina permite que a crítica legitime a existência das mulheres escritoras como sujeitos históricos, reforçando sua identidade social. As representações do sexo feminino na literatura também revelam uma face da história de opressão das mulheres a partir do conservadorismo sócio-histórico na cultura das relações de gênero. Neste artigo, discute-se inicialmente  a condição feminina diante de uma cultura patriarcal, permeada por um discurso dominante, sob a ótica da Crítica Feminista de  orientação francesa, para, num segundo momento, examinar a  representação da mulher em dois contos, de autoria feminina, da literatura brasileira contemporânea.

Palavras-chave


Representação, feminino, Literatura Brasileira.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 1969 Direitos partilhados conforme licença CC BY-NC-SA 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

REVISTA IDEAÇÃO

____________________________________________________________________________________________________________

e-ISSN: 1982-3010 — ISSN: 1518-6911

Unioeste

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Foz do Iguaçu

Centro de Educação e Letras

Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil

[ ideacao@yahoo.com.br ]