As orientações no livro do professor contribuem para potencializar cenários de investigação na sala de aula? Uma análise do material didático do programa nacional de educação financeira nas escolas – ensino médio à luz da educação matemática crítica

Inglid Teixeira da Silva, Ana Coêlho Vieira Selva

Resumo

Resumo: Consideramos a relevância de trabalhar educação financeira nas escolas, tendo em vista arelação da mesma com o cotidiano, porém ressaltamos a importância de que a mesma seja trabalhada apartir de práticas que colaborem com o desenvolvimento de cidadãos críticos e reflexivos. Neste artigo, apresentamos dados da análise que objetivou compreender se e como as orientações, voltadas ao professor, influenciavam o potencial de atividades propostas para os alunos. Para isso, analisamos à luz dos ambientes de aprendizagem (SKOVSMOSE, 2000), atividades de educação financeira do Programa Nacional de Educação Financeira para o Ensino Médio, e as orientações oferecidas para o professor. Os dados revelaram que de 37 orientações no livro doprofessor, em 25 a orientação não acrescentava mudanças relacionadas ao que era proposto ao aluno e em12 se observavam potenciais de mudança. Constata-se a necessidade de se enriquecer as orientaçõespropostas no livro do professor, como também oferecer formação continuada sobre Educação Financeira.

Palavras-chave: Educação Financeira; Educação Matemática Crítica; Ensino Médio.


Do the didatic books’ orientations contribute to potentialize the investigations scenarios in the classroom? An analysis about financial education in schools national program – high school by the critical mathematics education outlook

Abstract: We consider the relevance of working the Financial Education at schools noticing the its relations with the daily life. Although we underscore the importance of it to be worked with practices that contribute to the development of criticals and reflexives citizens. In this article is shown datas about the analysis that tried to understand how and if the the teaher’s orientations influenced the potential of the activities given to the students. For this we analyzed the learning environments (SKOVSMOSE, 2000), the financial education activities of the Programa Nacional de Educação Financeira for High School and the lessons provided to the teacher. The data show that out of 37 guidelines in the learning guide out of 25 were not added in relation to the guidelines for students and in 12 were noticed potential modifications. Is noted that is necessary to improve the teacher's guude orientations as also offer a vontinuous formation abou Financial Education.

Keywords: Financial Education; Critical Mathematics Education; High School.

Palavras-chave

Educação Financeira; Educação Matemática Crítica; Ensino Médio.

Texto completo:

PDF

Referências

BRASIL. BRASIL: Implementando a Estratégia Nacional de Educação Financeira. [S. l.]. 2013. Disponível em: http://www.bcb.gov.br/pre/pef/port/Estrategia_Nacional_Educacao_Financeira_ENEF.pdf Acesso em: 24 out. 2015.

CONEF. Educação Financeira nas Escolas: Ensino Médio: livro do aluno. Bloco 1. 1. ed. Brasília: CONEF, 2013.

CONEF. Educação Financeira nas Escolas: Ensino Médio: livro do aluno. Bloco 2. 1. ed. Brasília: CONEF, 2013.

CONEF. Educação Financeira nas Escolas: Ensino Médio: livro do aluno. Bloco 3. 1. ed. Brasília: CONEF, 2013.

CONEF. Educação Financeira nas Escolas: Ensino Médio: livro do professor. Bloco 1. 1. ed. Brasília: CONEF, 2013.

CONEF. Educação Financeira nas Escolas: Ensino Médio: livro do professor. Bloco 2. 1. ed. Brasília: CONEF, 2013.

CONEF. Educação Financeira nas Escolas: Ensino Médio: livro do professor. 1. ed. Brasília: CONEF, 2013. Bloco 3.

SANTOS, L. T. B.; PESSOA, C. A. S. Educação Financeira: Analisando atividades propostas em livros de matemática dos anos iniciais. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 12., 2016, São Paulo, Anais... São Paulo: Universidade Cruzeiro do Sul, 2016. p. 01-12

SILVA. Programa de Educação Financeira nas Escolas – Ensino Médio: Uma análise dos materiais propostos e sua relação com a matemática. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática), Universidade Federal do Pernambuco, Recife, 2017.

SILVA, I. T.; SELVA, A. C. V. Programa de Educação Financeira nas Escolas - Ensino Médio: Uma análise dos materiais na perspectiva da Educação Matemática Crítica. Revista Paranaense de Educação Matemática, Campo Mourão, v. 6, n.1 2, p. 350-370, jul./dez. 2017.

SILVA, I, T.; SELVA, A.C.V. Educação Financeira nas Escolas: Uma discussão feita a partir de experiências vivenciadas pelo programa de Educação Financeira nas Escolas – Ensino Médio. Revista Instrumento-Revista de Estudos e Pesquisa em Educação, Juiz de Fora, v. 20, n. 2, p. 251-261, jul./dez. 2018.

SILVA, A. M.; POWELL, A. B. Um programa de educação financeira para a matemática escolar da educação básica. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 11., 2013, Curitiba. Anais..., Curitiba: PUCPR, 2013. p. 01-17.

SKOVSMOSE, O. Cenários para a investigação. Bolema, Rio Claro, v. 13, n. 14, p. 66- 91, 2000.

SKOVSMOSE, O. Educação matemática crítica: a questão da democracia. 1. ed. Campinas, SP: Papirus, 2001.

SKOVSMOSE, O. Um convite à educação matemática crítica.1. ed. Campinas, SP: Papirus, 2014.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.