A estatística no ciclo de alfabetização: formação continuada e mobilização de conhecimentos para o ensino

Jozeildo Kleberson Barbosa, Maria da Graca Nicoletti Mizukami

Resumo

Resumo: Nesse trabalho analisamos a formação continuada oferecida pelo Pacto Nacional de Alfabetização na Idade Certa (Pnaic) e os avanços nos conhecimentos das professoras cursistas para o ensino da Estatística. Este estudo possui natureza qualitativa. Para nossa investigação realizamos a Análise Documental dos cadernos de formação do Pnaic e dos portfólios de cinco professoras que participaram do curso de formação do Pnaic em 2014, essas docentes atuavam num mesmo município. Os dados que surgiram foram confrontados e explorados com a utilização da Análise do Conteúdo. Verificamos que o Pnaic apresentou uma proposta promissora de formação para o ensino de Estatística. Nos porfólios são perceptíveis os indícios de avanços dos conhecimentos das professoras para o ensino da Estatística. Ao analisarmos o material de formação e os registros das alfabetizadoras nos portfólios observamos que a proposta do Pnaic foi bem recebida pelas docentes. Também são apresentados indícios de desenvolvimento profissional.

Palavras-chave: Formação de professores; Educação Estatística; Pacto nacional de Alfabetização na Idade Certa; Conhecimento para o Ensino; Formação Continuada.

Statistics in the literacy cycle: continued training and mobilization of knowledge for teaching

Abstract: In this paper we analyze the continuing education offered by the National Pact of Literacy in the Right Age (Pnaic) and the advances in the knowledge of female teachers for the teaching of Statistics. This study has a qualitative nature. For our investigation we carried out the Documentary Analysis of the Pnaic training books and the portfolios of five teachers who participated in the Pnaic training course in 2014, these teachers were in the same municipality. The data that emerged was confronted and exploited with the use of Content Analysis. We verified that the Pnaic presented a promising proposal of training for the teaching of Statistics. In the porfólios the indications of advances of the knowledge of the teachers for the teaching of Statistics are perceptible. When analyzing the training materials and the records of the literacy teachers in the portfolios, we observed that the Pnaic proposal was well received by the teachers. There are also indications of professional development.

Keywords: Teacher training; Statistical Education; National Pact of Literacy in the Right Age; Knowledge for Teaching; Continuing Education.

Palavras-chave

Formação de professores; Educação Estatística; Pacto nacional de Alfabetização na Idade Certa; Conhecimento para o Ensino. Formação Continuada.

Texto completo:

PDF

Referências

BALL, D.; THAMES, M. H.; PHELPS, G. Content knowledge for teaching: What makes it special? Journal of Teacher Education, New York, v. 59, n. 5, p. 389-407, nov. 2008.

BARBOSA, J. K. Tratamento da Informação e Prova Brasil de Matemática: ensino e avaliação. BoEM, Joinville, v. 2. n. 3, p. 51-71, ago./dez. 2014.

BARBOSA, J. K. Formação de professores alfabetizadores para o ensino e aprendizagem da estatística. REnCiMa, São Paulo, v. 9, n. 2, p. 107-126. 2018.

BATANERO, C. Estadística y didáctica de la matemática: Relaciones, problemas y aportaciones mutuas. In: PENALVA, C., TORREGROSA, G.; VALLS, J. (ed.). Aportaciones de la didáctica de la matemática a diferentes perfiles profesionales. 1. ed. Alicante (ES): Universidad de Alicante, 2002. p. 95-120.

BATANERO, C.; BURRILL, G.; READING, C. Overview: challenges for teaching statistics in school mathematics and preparing mathematics teachers. In: BATANERO, C.; BURRILL, G.; READING, C. (ed.). Teaching Statistics in School Mathematics - Challenges for Teaching and Teacher Education: A Joint ICMI/IASE Study. 1. ed. London: Springer, 2011. p. 407- 418.

BATANERO, C. e DIAZ, C. Training teachers to teach statistics: What can we learn from research? Statistique et Enseignement, Lyon. v. 1, n. 1, p. 5-20, abr. 2010.

BRASIL. MEC. Portaria Nº 867/2012. Institui o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa e as ações do Pacto e define suas diretrizes gerais. Brasília. 2012. Disponível em: http://pacto.mec.gov.br/images/pdf/2016/Portarias/PORTARIA_N_867_DE_4_DE_JULHO_DE_2012.pdf. Acesso em: 23 jul. 2017.

BRASIL. MEC. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: Educação Estatística. Brasília: MEC, SEB, 2014.

CAZORLA, I. O ensino de Estatística no Brasil. Sociedade Brasileira de Educação Matemática – SBEM. [S.I.], 2004. Disponível em http://www.sbem.com.br/gt_12/arquivos/cazorla.htm . Acesso em 20 out 2017.

CARZOLA, I.; SANTANA, E. R. dos S. Tratamento da informação para o ensino fundamental e médio. 1. ed. Itabuna: Via Litterarum, 2006.

CARZOLA, I. et al. Estatística para os anos iniciais do ensino fundamental. 1. ed. Brasília: Sociedade Brasileira de Educação Matemática, 2017.

CURI, E. Formação de Professores Polivantes: uma análise dos conhecimentos para ensinar Matemática e das crenças e atitudes que interferem na constituição desses conhecimentos. 2004. Tese (Doutorado em Educação Matemática: Currículo e Formação de Professores) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.

D'AMBROSIO, U. Educação matemática: da teoria à prática. 1. ed. Campinas: Papirus, 1996.

FREIRE, P. A importância do ato de ler: em três artigos que se complementam. 23. ed. São Paulo. Autores associados: Cortez, 1989.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 23. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

KATAOKA, V. Y. et al. A educação estatística no ensino fundamental II em Lavras, Minas Gerais, Brasil: avaliação e intervenção. Revista Latinoamericana de Investigación en Matemática Educativa, México, v. 14, n. 2, p.233-263, jul. 2011.

LOPES, C. A. E. O ensino da estatística e da probabilidade na educação básica e a formação dos professores. Cad. Cedes, Campinas, v. 28, n. 74, p. 57-73, jan./abr. 2008.

MIZUKAMI, M. da G. N. Aprendizagem da docência: algumas contribuições de L. S. Shulman. Educação, Santa Maria, RS. v. 29, n. 2, p. 17-32, jul./dez. 2004.

MIZUKAMI, M. da G. N.; REALI; A. M. de M. R. (org.). Formação de professores: práticas pedagógicas e escola. 1. ed. São Carlos: EdUFSCar, 2002.

MIZUKAMI, M. da G. N. et al. Escola e aprendizagem da docência: processos de investigação e formação. 2. ed. São Carlos: EdUFSCar, 2010.

SHULMAN, L. S. Those who understand: Knowledge growth in teaching. Educational Researcher, Washington, v. 15, n. 2, p. 4-14, fev. 1986.

SHULMAN, L. S. Knowledge and Teaching: foundations of the new reform. Harvard Educational Review, Massachusetts. v. 57, n. 1, p. 1-22, abr. 1987.

UNESCO. Os desafios do ensino de matemática na educação básica. Brasília: UNESCO; São Carlos: EdUFSCar, 2016.

WILSON, S. M., SHULMAN, L. S. RICHERT, A. E. Different Ways of Knowing: Representations of Knowledge in Teaching. In: CALDERHEAD, J. (ed.). Exploring Teachers' Thinking. 1. ed. Sussex, Londres. Inglaterra: Holt, Rinehart e Winston, 1987. p. 104-124.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.