MANCUR OLSON E A LÓGICA DA AÇÃO COLETIVA APLICADA AO MST

Miguel Ângelo Lazzaretti

Resumo


Este artigo busca discutir as ideias de MancurOlson sobre a ação coletiva aplicada a assentamentos de reforma agrária do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A ideia de Olson (1999) é que os indivíduos só participam de ações coletivas quando estas possam lhes trazer lucros individuais. No presente artigo tentamos demonstrar que existem mais do que interesse individual nas estratégias de ações coletivas. Nestas ações, denotam-se também a criação de novos valores (amizade, solidariedade) que não se comportam apenas como interesses puramente pragmáticos.

Palavras-chave


Ação coletiva; MST; Reforma agrária

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempo da Ciência



e-ISSN: 1981-4798 — ISSN: 1414-3089

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

Rua da Faculdade, 645 — Jardim La Salle
CEP: 85903-000 — Toledo-Paraná-Brasil

| revistatempodaciencia@yahoo.com.br |