ANSELMO, AQUINO, FRANCISCO SANCHES E AS POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES AO TRABALHO DE RENÈ DESCARTES

Autores

  • Roberto Navega Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu – SOCIEDADE, CULTURA E FRONTEIRAS

DOI:

https://doi.org/10.48075/ra.v7i1.22208

Palavras-chave:

Santo ANSELMO, São Thomás de AQUINO, FRANCISCO SANCHES, RENÈ DESCARTES

Resumo


Renè Descartes é considerado um autor revolucionário, um autor que inaugurou o pensamento filosófico moderno com suas obras, as quais têm a aura do ineditismo. No entanto há autores que tiveram contribuições cronologicamente anteriores às de Descartes e que podem tê-lo influenciado e podem lançar suspeitas de que não houve da parte de Descartes tanta genialidade assim. Sabemos que Tomás de Aquino e Anselmo de Cantuária têm contribuições ontológicas em suas considerações e justificativas da existência e natureza de Deus. Já Francisco Sanches, autor português, teve seus trabalhos a respeito de epistemologia deixados de lado, mesmo sendo próximos dos trabalhos de Descartes. Este artigo pretende descrever as similaridades e diferenças entre as abordagens e verificar se é justificável afirmar que houve influência direta do trabalho destes autores às obras de Renè Descartes.

Downloads

Publicado

05-08-2019

Como Citar

NAVEGA, R. ANSELMO, AQUINO, FRANCISCO SANCHES E AS POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES AO TRABALHO DE RENÈ DESCARTES. Alamedas, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 176, 2019. DOI: 10.48075/ra.v7i1.22208. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/alamedas/article/view/22208. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios