INSTITUTO POLOIGUASSU: ATOR PARADIPLOMÁTICO DA REGIÃO TRINACIONAL DO IGUASSU

Autores

  • Petterson Eduardo S Gherlandi Universidade Federal da Integração Latino-Americana - UNILA
  • Andressa Szekut Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE https://orcid.org/0000-0001-7445-6930
  • Alfredo Brito Aguiar

DOI:

https://doi.org/10.48075/ra.v9i1.26899

Palavras-chave:

Paradiplomacia, PoloIguassu, trinacional.

Resumo


O Instituto Polo Internacional Iguassu é uma entidade do terceiro setor que desde 1996 atua de diferentes formas na Região Trinacional do Iguassu. O Poloiguassu, como é chamado, nasce a partir da mobilização de empresários dos três países em busca de integração das cidades fronteiriças para o desenvolvimento de forma conjunta. Reflexo do contexto vivido, o instituto objetiva atuar de diferentes formas para o desenvolvimento integrado do turismo na região fronteiriça, o que o aproxima da concepção de paradiplomacia. Assim, a pergunta que conduziu essa pesquisa foi: como se dá a atuação internacional do Poloiguassu? A partir dela objetiva-se levantar e analisar as atividades internacionais do Instituto Polo Iguassu a fim de problematizar teoria e prática da paradiplomacia por parte do instituto. Para a execução deste estudo utilizamos uma abordagem qualitativa cruzando métodos da história oral e do levantamento documental direto e indireto a respeito do histórico de atuação do instituto. Com isso, identificou-se que suas atuações internacionais ao longo dos anos permitem visualizar a complexidade das relações interinstitucionais fronteiriças e nota-se nesse contexto o potencial articulador do instituto. Sendo que, nos primeiros anos teve uma atuação mais de projeção externa e nos últimos anos mais de mediação (a partir da experiência técnica, de captação de recursos e etc), sempre internacional e voltada para o turismo, o que se entende diretamente relacionado ao que se concebe como paradiplomacia.

Biografia do Autor

Petterson Eduardo S Gherlandi, Universidade Federal da Integração Latino-Americana - UNILA

Mestrando em Relações Internacionais - Programa de Pós-Graduação de Relações Internacionais da Universidade Federal da Integração Latino-Americana - UNILA. Assistente de Projetos do setor de Gestão de Pesquisas e Inovação do Instituto Polo Internacional Iguassu.

Andressa Szekut, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

[1] Bolsista de pós-doutorado CAPES no programa de pós-graduação em Sociedade Cultura e Fronteiras – UNIOESTE. Docente do curso de Turismo – UNIOESTE. Doutora em Memória Social e Patrimônio Cultural - UFPEL, Mestre em Sociedade, Cultura e Fronteiras; Especialista em Gestão e Projetos em Turismo; e Bacharel em Turismo. andressaszekut@gmail.com.

Alfredo Brito Aguiar

Bacharel em Turismo pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE. Assistente de Projetos do setor de Gestão de Pesquisas e Inovação do Instituto Polo Internacional Iguassu.

Downloads

Publicado

18-02-2021

Como Citar

GHERLANDI, P. E. S.; SZEKUT, A.; BRITO AGUIAR, A. INSTITUTO POLOIGUASSU: ATOR PARADIPLOMÁTICO DA REGIÃO TRINACIONAL DO IGUASSU. Alamedas, [S. l.], v. 9, n. 1, p. 156–178, 2021. DOI: 10.48075/ra.v9i1.26899. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/alamedas/article/view/26899. Acesso em: 7 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios