A SANTIDADE CORPORIFICADA E A CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL

Autores

  • Polyanny L. do Amaral Braz
  • Mísia Lins Reesink

DOI:

https://doi.org/10.48075/rtc.v23i45.14432

Palavras-chave:

Santidade, Corpo, Mulher, Congregação Cristã no Brasil.

Resumo


A igreja de origem pentecostal Congregação Cristã no Brasil tem sido pouco discutida e analisada na literatura etnográfica e antropológica sobre o campo religioso brasileiro. Ainda menos tem sido refletido sobre a relação desta igreja e a categoria de santidade, categoria esta fundamental na (cosmo)lógica cristã como um todo. Neste sentido, este artigo, por um lado, pretende ampliar conhecimento etnográfico sobre esta denominação do pentecostalismo clássico brasileiro; por outro, pretende compreender como a categoria santidade é concebida e praticada entre as fiéis femininas desta igreja. Nosso argumento principal é que a santidade é aí concebida e performada, em especial, nos e através dos corpos femininos. Sendo a santidade nesse sentido corporificada.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

BRAZ, P. L. do A.; REESINK, M. L. A SANTIDADE CORPORIFICADA E A CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL. Tempo da Ciência, [S. l.], v. 23, n. 45, p. 38–51, 2000. DOI: 10.48075/rtc.v23i45.14432. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/tempodaciencia/article/view/14432. Acesso em: 3 dez. 2021.

Edição

Seção

DOSSIÊ ANTROPOLOGIA DO CRISTIANISMO: COSMOLOGIAS, RUPTURAS E CONTINUIDADES