Uma leitura de Verdade e Política de Hannah Arendt: o contextualismo social altera o sentido da teoria política arendtiana?

Autores

  • Mariana da Silva Pereira Unioeste
  • Vania Sandeleia Vaz da Silva Graduada em Ciências Sociais (UFPR), Mestra e Doutora em Ciência Política (USP), professora no curso de Ciências Sociais na Unioeste, Campus de Toledo. E-mail:

DOI:

https://doi.org/10.48075/rtc.v26i52.24528

Palavras-chave:

Contextualismo Social, Verdade e Política, Hannah Arendt, Ellen Meiksins Wood, Neal Wood.

Resumo


O contextualismo social – ou história social da Teoria Política – é um método de leitura e análise de textos que tem como intuito interpretar de forma mais substantiva e completa as ideias de teóricos da política, sendo esses compreendidos como “atores” políticos, engajados nos conflitos e problemas sociais da época e do lugar em que viveram. Tal abordagem metodológica parte da premissa de que não é possível compreender adequadamente o significado de um texto de Teoria Política sem considerar o seu contexto imediato de produção, considerando necessário somar, à análise textual, conhecimentos sobre a biografia, bem como dos aspectos políticos, econômicos e culturais da sociedade em que o autor viveu e escreveu. O presente trabalho consistiu na aplicação do referido método à leitura do ensaio “Verdade e Política” (1967) escrito por Hannah Arendt, procurando investigar se realizar a contextualização social da autora altera o entendimento a respeito do significado do texto. Em comparação com a abordagem normativa, ou textualista, de leitura de textos clássicos da Teoria Política, os resultados obtidos com essa pesquisa levaram a questionar a imprescindibilidade da contextualização social para uma interpretação adequada da mensagem contida nesse ensaio.

Biografia do Autor

Mariana da Silva Pereira, Unioeste

Graduada em Licenciatura em Ciências Sociais (UNIOESTE), mestranda em Filosofia Política (UNIOESTE). E-mail: mariisdp7890@gmail.com. 

Downloads

Publicado

11-04-2020

Como Citar

PEREIRA, M. da S.; VAZ DA SILVA, V. S. Uma leitura de Verdade e Política de Hannah Arendt: o contextualismo social altera o sentido da teoria política arendtiana?. Tempo da Ciência, [S. l.], v. 26, n. 52, p. 151–168, 2020. DOI: 10.48075/rtc.v26i52.24528. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/tempodaciencia/article/view/24528. Acesso em: 3 dez. 2021.