ABORDAGENS SOCIOINTERACIONISTA E INTERCULTURAL NO LIVRO DIDÁTICO DE LÍNGUA ALEMÃ: UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Cristiane Schmidt
  • Ciro Damke

Palavras-chave:

Metodologia de Ensino de Línguas, Língua Estrangeira, Livro Didático.

Resumo


Depreende-se o domínio de língua(s) como uma necessidade no contexto atual, considerando a demanda social e a política de formação do cidadão num mundo multilíngue e, de certo modo, compreendido como sem fronteiras. De uma parte, a temática do ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras vem merecendo destaque de pesquisadores no campo da Linguística Aplicada (REIS, 2011; BOHN, 2005; MOITA LOPES, 2003; GIMENEZ, 2002), justificando sua relevância para a perspectiva da interculturalidade e do sociointeracionismo. De outra parte, apesar da indiscutível importância do livro didático, enquanto elemento institucionalizado no processo de ensino, os estudos com foco nos materiais didáticos constituem-se, ainda, incipientes. Nesse sentido, pretende-se investigar se e em que medida o uso de materiais de ensino e aprendizagem, especificamente o livro didático de língua e cultura alemãs - uma vez que é por meio desse material que o professor orienta sua prática pedagógica - contempla e aborda as abordagens sociointeracionista e intercultural. Trata-se, de apresentar o projeto de pesquisa junto ao PPGL/UNIOESTE, o qual se encontra em fase de desenvolvimento.

Downloads

Publicado

14-08-2015

Como Citar

SCHMIDT, C.; DAMKE, C. ABORDAGENS SOCIOINTERACIONISTA E INTERCULTURAL NO LIVRO DIDÁTICO DE LÍNGUA ALEMÃ: UM ESTUDO DE CASO. Travessias, Cascavel, v. 9, n. 1, 2015. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/11805. Acesso em: 25 maio. 2022.

Edição

Seção

LINGUAGEM