RASTROS DE JOANA D’ARC NA LITERATURA E NO TEATRO BRASILEIRO

Autores

  • Helciclever Barros da Silva Vitoriano
  • Sidelmar Alves da Silva Kunz
  • Anarcisa de Freitas Nascimento

Palavras-chave:

Inquisição, Ditadura, Teatro, historicização alegórica.

Resumo


O propósito deste trabalho é verificar se houve e como se deu uma possível presença intertextual da figura mítico-histórica de Joana d´Arc na literatura e na dramaturgia do teatro brasileiro. Para tanto, o diálogo intercultural é eleito como meio ou referencial para a compreensão desse movimento de ressignificar a figura ímpar de Joana d’Arc na cena teatral brasileira. Deste modo, concluímos que as marcas deixadas pela figura de Joana d’Arc no teatro nacional não foram acidentais, elas representam simbolicamente uma leitura dos processos repressivos ocorridos no Brasil e à situação da mulher que permanece sendo cerceada de seus direitos e que luta incansavelmente rumo à superação das adversidades e opressões no âmbito familiar, social, político e econômico. 

Downloads

Publicado

28-01-2016

Como Citar

VITORIANO, H. B. da S.; KUNZ, S. A. da S.; NASCIMENTO, A. de F. RASTROS DE JOANA D’ARC NA LITERATURA E NO TEATRO BRASILEIRO. Travessias, Cascavel, v. 9, n. 2, 2016. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/12461. Acesso em: 21 jan. 2022.

Edição

Seção

CULTURA