Do texto impresso ao hipertexto digital: o fazer literário na era da cibercultura

Autores

  • Adoniran Oliveira Leite

Palavras-chave:

Hipertextualidade, leitor, literatura eletrônica, novas tecnologias.

Resumo


Na era da cibercultura, na qual, a escrita assume novos papéis, um estudo sobre práticas de leitura com o texto literário em suporte multimídia e sobre o ensino de leitura, aplicada a alunos no ensino fundamental da educação básica, torna-se necessário. Com o advento das novas tecnologias da informação e da comunicação (NTIC), surgem novas configurações de manuseio nos suportes onde os textos aparecem, fazendo com que esses mesmos textos assumam novos formatos, possibilitados pelo hipertexto digital, ou seja, um processo de escritura/leitura, agora não mais obedecendo a critérios exclusivos de linearidade, mas apresentando-se de forma não linear e não hierarquizada, permitindo ao leitor o acesso ilimitado a outros textos de forma instantânea. Este trabalho discute como o ensino da leitura do texto literário pode ser aliado ao uso das novas tecnologias da informação e da comunicação, utilizando-se, para tanto, o hipertexto como uma ferramenta capaz de despertar no aluno o prazer da leitura literária. Para a fundamentação teórica, citam-se discussões sobre o hipertexto (Levy, 1999; Xavier, 2009; Marcuschi, 2010); sobre a literatura eletrônica (Hayles, 2009) e sobre o papel da leitura e do leitor no formato hipertextual (Santaella, 2004; 2007; 2012).

Referências

CHARTIER, Roger. A aventura do livro: do leitor ao navegador. São Paulo: UNESP, 1999.

______. A ordem dos livros. Brasília: Ed. UnB, 1994.

CULLER, Jonathan. A literariedade. In: ANGENOT, Mark; BUSSIÈRE, Jean; FOKKEMA, Douwe; KUSHNER, Eva (orgs.). Teoria literária: problemas e perspectivas. Trads. Ana Luísa Faria e Miguel Serras Pereira. Lisboa: Dom Quixote, 1995. p. 45-58.

FREITAS, Maria Teresa de Assunção. Escrita teclada: uma nova forma de escrever? Caxambu: ANPED, [2000]. Disponível em: <http://23reuniao.anped.org.br/textos/1011t.PDF>. Acesso em: 15 jan 2014.

HAYLES, N. Katherine. Literatura eletrônica: novos horizontes para o literato. Trads. Luciana Lhullier e Ricardo Moura Buchweitz. São Paulo: Global: Fundação Universidade de Passo Fundo, 2009.

LEMOS, André. Cibercultura, tecnologia e vida social na cultura. Porto Alegre: Sulina, 2002.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Trad. Carlos Irineu da Costa. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.

______. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

MARCUSCHI, Luiz Antonio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. 3 ed. São Paulo: Parábola, 2008.

MARCUSCHI, Luiz Antonio; XAVIER, Antonio Carlos (Orgs.). Hipertexto e Gêneros Digitais: novas formas de construção de sentido. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2010.

PINHEIRO, Regina C. Estratégia de leitura para a compreensão de hipertexto. In: ARAÚJO, Júlio César; RODRIGUES-BIASI, Bernadete. (org.). Interação na internet: novas formas de usar a linguagem. Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2005.

RÖSING, Tania Mariza Kuchenbecker. Do livro ao CD-ROM: novas navegações. Passo Fundo: EDIUPF, 1999.

SANTAELLA, Lúcia. Navegar no ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo. São Paulo: Paulus, 2004.

______. Linguagens líquidas na era da mobilidade. São Paulo: Paulus, 2007.

______. O que é semiótica. São Paulo: Brasiliense, 2012.

XAVIER, Antonio Carlos. A era do hipertexto: linguagem e tecnologia. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2009.

______. Leitura, texto e hipertexto. In: MARCUSCHI, Luiz Antonio; XAVIER, Antonio Carlos (Orgs.). Hipertexto e Gêneros Digitais: novas formas de construção de sentido. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2010. p. 207-220.

Downloads

Publicado

02-06-2016

Como Citar

LEITE, A. O. Do texto impresso ao hipertexto digital: o fazer literário na era da cibercultura. Travessias, Cascavel, v. 10, n. 1, p. 15–25, 2016. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/13528. Acesso em: 22 maio. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO: TIC, MULTILETRAMENTOS, SUPORTES E RECURSOS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS APLICADOS AO ENSINO DE LÍNG. PORTUGUESA