Formação continuada de professores para o uso de tecnologias: desafios e possibilidades

Autores

  • Cyntia Simioni França
  • Okçana Battini

Palavras-chave:

Formação de professores, práticas pedagógicas, tecnologias da informação e comunicação.

Resumo


Neste artigo apresentamos uma pesquisa em desenvolvimento intitulada Professor Seu Lugar é Aqui, desenvolvida em parceria entre o Mestrado em Metodologias do Ensino e três escolas públicas na cidade de Londrina - Paraná, a partir de 2013. Fizemos um recorte para apresentar apenas a primeira etapa do projeto, em que consistia apenas nesse momento em ouvir as experiências dos professores acerca das tecnologias e seus processos formativos e ainda levantar quais as suas necessidades acerca dessa questão no espaço escolar. Tivemos a participação de 76 professores que dividiram as suas experiências, revelando que na maioria das vezes, ocorre um distanciamento entre os cursos ofertados pelos Núcleos Regionais de Ensino e a prática pedagógica do professor. Além disso, há uma tendência de cursos instrumentalistas que focam a técnica pela técnica. Nesse sentido, questiona-se a formação continuada de professores, bem como, os aspectos envolvidos nessa formação. Ainda impera modelos (instrumentais e/ou tecnicistas) de formação, realizados por meio de cursos aos quais são repassados aos professores discussões teóricas e metodológicas “prontas”. Ou seja, propostas formativas centradas em teorias, descontextualizadas da prática e muitas delas, desconsideram a realidade da escola e os sujeitos que ocupam o espaço escolar.

Referências

BARRETO, Raquel. Tecnologias na formação de professores: o discurso do MEC. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 29, n.2, p.271-286, jul/dez.2003. http://www.scielo.br/pdf/ep/v29n2/a06v29n2.pdf

______. Discursos, Tecnologias, Educação. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2009.

BEHERENS, Marilda. Formação Continuada e a Prática Pedagógica dos professores. Curitiba: Champagnat, 1996.

BENJAMIN, Walter. Obras Escolhidas: Magia e técnica, arte e política, trad. S.P. ROUANET, São Paulo: Brasiliense, 1985.

BITTENCOURT, Circe. Ensino de História: fundamentos e métodos. 4ed. São Paulo: Cortez, 2011

CHERVEL, A. História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria & Educação, n. 2, 1990, p. 177-229.

CHEVALLARD, Yves. La transposición didáctica. Del saber sábio al saber enseñado. Buenos Aires: Ainque Grupo Editor, 1995.

FRANÇA, C.S. Possibilidades e limites na construção do conhecimento histórico escolar em conexão com o mundo virtual. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Estadual de Londrina, 2009.

FELDFEBER, Myrian. Internacionalização da educação, “Tratado de livre comércio” e políticas educativas na América Latina. In: FERREIRA, Elisa Bartolozzi; OLIVEIRA, Dalla Andrade (Org.). Crise da escola e políticas educativas. Belo Horizonte: Autêntica, 2009. p. 65-80.

GALZERANI, Maria Carolina Bovério; PARDO, Maria Benedita Lima; LOPES, Amélia (Orgs.). Una “nueva” cultura para la formación de maestros: es posible?. Porto, Portugal: Ed. Livipsic/AMSE-AMCE-WAER, 2008a.

GERALDI, João Wanderley. A nova identidade da escola face às novas tecnologias de informação e comunicação. III ENTEL, UNIJUÍ, 2012. Disponível em http://portos.in2web.com.br/passagens-blogdogeraldi/130-a-nova-identidade-da-escola-face-as-novas-tecnologias-de-informacao-e-comunicacao-2-i

KRAMER, Sonia (Orgs.); JOBIM E SOUZA, Solange; Política, cidade, educação: itinerários de Walter Benjamin. Rio de Janeiro: Contraponto. Ed. PUC-Rio, 2009.

MATOS, Olgária. Os arcanos do inteiramente outro. São Paulo: Brasiliense. 1989.

NÓVOA, Antonio. Professores imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009. Disponível: http://www.slideshare.net/mzylb/antonio-novoa-novo-livro

PAIM, Elison Antonio. Memórias e experiências do fazer-se professor. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas. 2005.

PAIM, E. A.. Do formar ao fazer-se professor: perspectivas em confronto. In: II ENCEBIO - Encontro Regional sobre o Ensino em Ciências e Biologia: A Pesquisa e a formação de Professores, 2007, Chapecó. Anais do II Encontro Regional sobre o Ensino de Ciências e Biologia. Chapecó: Curso de Ciências Biológicas da UNOCHAPECÓ. v. 1. p. 30-42.

TAVARES, Rosilene Horta. Tecnologias da Informação e comunicação: A Lógica Instrumental do Acesso. In: COSTA, Fernando Albuquerque et al. (ogs.). ticEDUCA2010 – I Encontro Internacional TIC e Educação: Inovação Curricular comTIC. 2010. Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.

TARDIFF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Editora Vozes, 2014.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Aventura de formar professores. Campinas: Papirus, 2009.

Downloads

Publicado

01-12-2016

Como Citar

FRANÇA, C. S.; BATTINI, O. Formação continuada de professores para o uso de tecnologias: desafios e possibilidades. Travessias, Cascavel, v. 10, n. 3, p. 278–289, 2016. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/15265. Acesso em: 19 jan. 2022.

Edição

Seção

EDUCAÇÃO