Literatura afrofeminina na escola: contribuições e reflexões em torno das afetividades de adolescentes negras

Autores

  • Amanda Crispim Ferreira PPGL/UEL - UNOPAR
  • Débora Maria Proença

Palavras-chave:

Affectivities, sexualities, adolescence, afrofemale literature.

Resumo


Na  adolescência acontece as vivências afetivas, nela são  desveladas as  experiências que  envolvem não apenas amizade entre meninos e meninas, mas relacionamentos que podem chegar a iniciação sexual por vezes precoce. Também,  é na adolescência que evidencia-se as transformações do corpo, gerando  conceitos de beleza e conflitos  acerca do  que é bonito e aceitável.  No espaço escolar, essas questões ganham formato produzindo situações de  discriminação e preconceito.  Essas vivências podem trazer envolvimentos desastrosos e marcar negativamente as histórias dificultando o processo da autodescoberta.  Refletir e discutir sobre as experiências e vivências sexuais dos/as adolescentes no espaço escolar não é tão fácil, pois há ainda uma certa resistência em discutir sobre o tema   na sala de aula. Evidencia-se também que além das dificuldades em adolescer, as meninas negras sentem-se rejeitadas e desvalorizadas por não se “encaixarem” no  padrão  de beleza que molda nossa sociedade. Diante deste contexto, propusemos práticas pedagógicas acerca das  afetividades de adolescentes negras a partir da escrita de mulheres, também negras. A escrita afrofeminina ganha visibilidade no cenário da tradição literária sendo uma literatura  diferente e inovadora e que pode contribuir,  interferir e auxiliar professores/as e alunos/as nesta discussão tão necessária para a construção de personalidades fortes e conscientes, capazes de libertarem-se de estereótipos e aprofundarem-se na busca do que é verdadeiro em cada uma, fortalecendo-as em  suas identidades.

Biografia do Autor

Amanda Crispim Ferreira, PPGL/UEL - UNOPAR

Mestrado em Estudos Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais

Mestrado em Estudos Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais

Débora Maria Proença

Mestra em Ensino de Ciências Humanas pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

Referências

CANDIDO, Antônio. Literatura e a vida social. In: _____. Literatura e Sociedade. 7. ed. São Paulo: Cia Editora Nacional, 1985. p. 27-50.

CARIDADE, Amparo. Sexualidade: corpo e metáfora. São Paulo: Iglu, 1997.

CARNEIRO, Sueli. Enegrecer o feminismo: a situação da mulher negra na América latina a partir de uma perspectiva de gênero. Disponível em: http://www.unifem.org.br/sites/700/710/00000690.pdf acesso em 22 out. 2014.

CARNEIRO. Anni de Novais; FERREIRA. Silvia Lúcia. Padrões de beleza, raça e classe: representações e elementos identitários de mulheres negras da periferia de Salvador. In. 18º REDOR. Universidade Federal Rural de Pernambuco, 2014, p. 1424-1438. Disponível em http://paradoxzero.com/zero/redor/wp-content/uploads/2015/04/2136-4601-1-PB.pdf acesso em 22. Mar. 2016

CRUZ, Ana. E... feito de Luz. Niterói: Ykenga Editorial LTDA: 1997.

DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo: Guy Debord (1931-1994). Disponível em: http://www.cisc.org.br/portal/biblioteca/socespetaculo.pdf . Acesso: 07 jul. 2016.

GOELLNER. Silvana Vilodre; FIGUEIRA. Márcia Luiza Machado; JAEGER. Angelita Alice. “A educação dos corpos, das sexualidades e dos gêneros no espaço da Educação Física escolar”. In. SILVA, Fabiane Ferreira da... [et al.] (Orgs.). Sexualidade e escola: compartilhando saberes e experiências. 2. ed. Revisada e ampliada. Rio Grande: FURG, 2008.

MC MARCINHO. Glamurosa. Disponível em: https://www.letras.mus.br/mc-marcinho/305326/ . Acesso em: 12 jul. 2016.

PRENSKY, Marc. Nativos digitais, imigrantes digitais: de OntheHorizon NCB University Press, v. 9, n. 5, out. 2001. Disponível em http://www.colegiongeracao.com.br/novageracao/2_intencoes/nativos.pdf. Acesso em: 07 jul.2016.

SOBRAL, Cristiane. Pixaim. In: _____. Espelhos, Miradouros, dialéticas da Percepção. Brasília: Editora Dulcina, 2011, p.120.

ZOLIN, Lúcia Osana. Literatura de autoria feminina. In: BONNICI, Thomas; ZOLIN, Lúcia Osana.(orgs). Teoria Literária: abordagens históricas e tendências contemporâneas. Maringá: Eduem, 2009. P. 327-336.

Downloads

Publicado

11-05-2017

Como Citar

FERREIRA, A. C.; PROENÇA, D. M. Literatura afrofeminina na escola: contribuições e reflexões em torno das afetividades de adolescentes negras. Travessias, Cascavel, v. 11, n. 1, p. 130–141, 2017. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/16601. Acesso em: 22 maio. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO: SEXUALIDADE, GÊNERO E EDUCAÇÃO NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA