O ideal do eu: a identidade narcisista e o ciberespaço tanto extratextual quanto intratextual a partir do conto “My husband on Facebook”

Autores

  • Laissy Taynã da Silva Barbosa Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Lis Yana de Lima Martinez Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

Ciberespaço, Midialidade, Narcisismo, Identidade

Resumo


A era digital tem propiciado mudanças nos hábitos dos sujeitos na contemporaneidade, pois a interação virtual foi facilitada, ora como benefício, ora como malefício para a sociedade. Nesse sentido, tornou-se cada vez mais necessário pesquisar as relações e implicações da comunicação rápida e fácil por meio do ciberespaço e o modo como a literatura reage as novas tecnologias. O conto “My husband on Facebook”, relata acontecimentos contextualizados nas relações reais da sociedade contemporânea com as novas tecnologias ao mesmo tempo em que o próprio conto, em meados dos anos 2000, fora disponibilizado on-line pelo escritor. Como mídia, a literatura representa e age rivalizando e se adaptando às novas tecnologias digitais. O conto demonstra, pelo primeiro canal e por sua temática, a relação ainda do ser com a internet. O presente artigo tem como objetivo discutir, pensando a questão midiática, a identidade narcisista e o ciberespaço tanto extratextual quanto intratextual a partir do conto escrito por Richard J. Parise. Destarte, revisita-se brevemente a questão midiática e o mito de Narciso.

Biografia do Autor

Laissy Taynã da Silva Barbosa, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestranda em estudos de Literatura pelo Programa de Pós-Graduação em Letras UFRGS. Atua na área de Teoria, Crítica e Comparatismo, tendo sua pesquisa  voltada aos estudos do espaço da/na literatura de autoria feminina.

Lis Yana de Lima Martinez, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda em Estudos de Literatura pelo Programa de Pós-Graduação do Instituto de Letras UFRGS. Atua na área de Teoria, Crítica e Comparatismo tendo sua pesquisa voltada aos estudos Intemidiáticos, Intertextuais e Interdisciplinares.

Referências

ABAJOULADE, E. Virtually you: The dangerous Powers of the E-personality. New York: W. W. Norton & Company, 2011.

BACCEGA, Maria Aparecida. Palavra e discurso. 2. ed. São Paulo: Ática, 2007.

BULFINCH, Thomas. O livro de ouro da mitologia: história de deuses e heróis. Trad. David Jardim Júnior. 26º ed. Rio de Janeiro: Ediouro, 2002.

CONDE, Xavier Frías; LÓPEZ, Alfonso. Cyber-literature, micro-stories and their exploitation. Ars aeterna. Nitre: Univerzita Konštantína Filozofa, vol.4, no.1 2012.

FIORIM, J. L. Enunciação. In: Cursos livres Univesp tv. Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=POa4RuzCSRM>. Acesso em: 02/10/2013

HALL, S. Who needs identity? In: DU GAY, P., P., EVANS., J., REEDMAN, P. (eds.). Identity: a reader. Londres: Sage Publications, 2000, p. 15-30.

HARŤANSKÁ, Jana. On creativity and cultural awareness in foreign language teaching. Ars aeterna. Nitre: Univerzita Konštantína Filozofa, vol.4, no.1 2012.

KUEHL, Dan. From cyberspace to cyberpower: Defining the Problem. In: KRAMER, Franklin; STARR, Stuart; WENTZ, Larry. Cyberpower and national security. Washington: National Defense University Press, 2009.

MARTINEZ, L. Yana L. Draft on media as cultural aspect: as they show themselves and work in cooperation with each other, they show their time as social elements that they are. Contraponto. Porto Alegre: PPGS/UFRGS, 2017, p. 161-172

MUSKAT, M. Consciência e Identidade. São Paulo: Editora Ática, 1986.

PARISE, R. J. “My husband on Facebook”. Authors. Den. Disponível em: < http://www.authorsden.com/visit/author.asp?authorid=189539 >. Acesso em: 05 abril de2013.

PARISE, R. J. My husband on Facebook. North Charleston: CreateSpace Independent Publishing Platform, 2013.

PRIMO, A. A busca por fama na web: reputação e narcisismo na grande mídia, em blogs e no Twitter. In: Intercom. Curitiba: 2009. Disponível em: < http://www.ufrgs.br/limc/PDFs/fama.pdf> acesso em: 20 de outubro de 2017.

ROUDINESCO, Elizabeth; PLON, Michel. Dicionário de psicanálise. Trad. Vera Ribeiro e Luci Magalhães. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

SEGATA, J. E, quem não é fake? Sobre sujeitos no Orkut. Revista eletrônica Portas. Disponível em: < http://www.acicate.com.br/portas/fake.pdf>. Acessado em: 10 de setembro de 2017.

WILSON, V. Motivações Pragmáticas. In: Manual de linguística. MARTELOTTA, M.E.M. (Org). São Paulo: Editora Contexto, 2007. p. 87- 109.

WOODWARD, K. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitua. In: Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. SILVA, T. T. da (Org). 11 ed. Petrópolis: Vozes, 2012.

Downloads

Publicado

07-12-2017

Como Citar

BARBOSA, L. T. da S.; MARTINEZ, L. Y. de L. O ideal do eu: a identidade narcisista e o ciberespaço tanto extratextual quanto intratextual a partir do conto “My husband on Facebook”. Travessias, Cascavel, v. 11, n. 3, p. 235–245, 2017. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/18039. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO: LITERATURA E MULTIMEIOS