A Eficiência dos gastos públicos com Educação Básica Municipal: Uma análise para séries iniciais do Ensino Fundamental no estado do Tocantins

Autores

  • Rafaela Aires Tavares Santos Universidade Federal do Tocantins
  • Adriano Nascimento Paixão UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
  • Nilton Marques de Oliveira UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Palavras-chave:

DEA, Educação Básica, Cluster, Tocantins.

Resumo


A educação básica é um investimento de longo prazo que no futuro será convertido em força de trabalho de qualidade para os diversos setores da economia.  A educação básica é um ciclo longo e merece uma atenção específica, uma vez que, problemas nesta etapa de formação poderão ser refletidos no restante da vida acadêmica do indivíduo. Dessa forma, Schultz (1978), defende que os investimentos em ensino escolar de qualidade são uma forma de proporcionar futuros serviços que podem se transformar em maiores rendas, capacidade de auto emprego e maiores opções de consumo. No Brasil a Constituição Federal de 1988 estabeleceu que a oferta da educação básica é dever do Estado, sendo que, as séries iniciais do Ensino Fundamental é responsabilidade dos municípios, que são desafiados a alocar recursos de forma eficiente para apresentar melhores resultados a cada ano. Este trabalho analisa a eficiência dos gastos públicos municipais nas séries iniciais do ensino fundamental em 109 municípios do estado do Tocantins por meio da metodologia de Análise Envoltória de Dados – DEA. Utilizando-se da técnica de clusters foi feito o agrupamento dos municípios de acordo com o índice de eficiência apresentado por cada um. Os resultados apresentaram que dos 109 municípios analisados 4 são eficientes. A Formação do cluster apresenta a divisão dos municípios em 3 grupos onde um grupo com 20 municípios são considerados os mais eficientes com índices que variam de 84% a 100%.

Biografia do Autor

Rafaela Aires Tavares Santos, Universidade Federal do Tocantins

Gestora Pública - Mestranda no Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade Federal do Tocantins

Adriano Nascimento Paixão, UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Doutor em economia( UFV) – Professor Associado I do departamento de economia da Universidade Federal da Paraíba e Professor Permanente do Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade Federal do Tocantins.  (Orientador)

Nilton Marques de Oliveira, UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Doutor em Desenvolvimento Regional ( Unioeste) e Agronegócio – Professor do curso de ciências econômicas da Universidade Federal do Tocantins e do Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade Federal do Tocantins.

Referências

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília DF: Senado,1988.

COELHO, Rodrigo Batista. Direitos fundamentais sociais e políticas públicas: subjetivação, justiciabilidade e tutela coletiva do direito à educação. São Paulo: Habermann, 2017.

DANTAS, Fabiano da Costa. Eficiência nos gastos públicos em educação fundamental: uma análise nos municípios do estado do Rio Grande do Norte, 2007 e 2011. Dissertação (Mestrado em Economia) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

DINIZ, Josedilton Alves; Macedo, Marcelo Álvaro da Silva; CORRAR, Luís João. Mensuração da Eficiência Financeira Municipal no Brasil e sua Relação com os Gastos nas Funções de Governo. Gestão & Regionalidade, 28-83. (2012)

DRÈZE, Jean; SEN, Amartya. Glória incerta: A Índia e suas contradições. Tradução de Ricardo Doninelli Mendes, Laila Coutinho. São Paulo: Companhia das Letras, 2015

FERREIRA, Carlos Maurício de Carvalho; GOMES, Adriano Provenzano. Introdução a Análise Envoltória de Dados – Teoria, Métodos e Aplicações. Viçosa – ed. UFV. 2009

FILHO, Gilberto Magalhaes da Silva; PEREIRA,Tarso Rocha Lula; DANTAS, Marke Geisy da Silva; ARAUJO, Aneide Oliveira. Análise da eficiência nos gastos públicos com educação fundamental nos colégios militares do exército: evidência para os anos de 2009 e 2011. Anais do XIV Congresso USP de controladoria e contabilidade. São Paulo. 2014.

FIRMINO, Rafaelle Gomes. Avaliação da eficiência na aplicação dos recursos públicos da educação básica: um estudo nos municípios paraibanos. 2013. 102 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis)— Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, João Pessoa.

FRIEDMAN, Milton. Capitalismo e Liberdade. Rio de Janeiro: Arte nova, 1985.

GADOTTI, Moacir. A questão da educação formal/não-formal. 2005. Disponível em: http://www.virtual.ufc.br/solar/aula_link/llpt/A_a_H/estrutura_politica_gestao_organizacional /aula_01/imagens/01/Educacao_Formal_Nao_Formal_2005.pdf.Acesso em: de jul. 2017.

GOMES, Adriano Provenzano; BAPTISTA, Antônio José Medina dos Santos. Análise Envoltória de Dados: conceitos e modelos básicos. Viçosa: UFV 2004.

IBGE – Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: . Acesso em Jul de 2017.

INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Metodologia utilizada para o estabelecimento das metas intermediárias para a Revista Economia e Desenvolvimento, v. 14, n. 1, p. 44-64, 2015

MATTEI, Tatiane Salete; BAÇO, Fernanda Mendes Bezerra. Eficiência Dos Gastos Públicos Com Educação: Evidências Para As Séries Iniciais Do Ensino Fundamental. V Congresso Nacional de Ciências Sociais Aplicadas. UNIOESTE. 2016

MELLO, João Carlos Correia Baptista Soares de Melo. et al. Curso de Análise de Envoltória de Dados. In: XXXVII SIMPÓSIO BRASILEIRO DE PESQUISA OPERACIONAL (SBPO), set. 2005, Rio Grande do Sul. Anais eletrônicos... Rio Grande do Sul: XXXVII SBPO. Disponível em: <http://www.uff.br/decisao/sbpo2005_curso.pdf>. Acesso em: jul.. 2017

MINGOTI, Sueli Aparecida. Análise de Dados através de Métodos de Estatística Multivariada: uma abordagem aplicada. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005.

PEÑA, Carlos Rosano; ALBUQUERQUE,Pedro Henrique Melo; MARCIO, Carvalho José. Eficiência Dos Gastos Públicos Em Educação: Evidências Georreferenciadas Nos Municípios Goianos. Economia Aplicada, v. 16, n. 3, 2012, pp. 421-443

REYMÃO, Ana Elizabeth Neirão; CEBOLÃO, Karla Azevedo. Amartya Sen e o direito à educação para o desenvolvimento humano. Rev. de Direito Sociais e Políticas Públicas| e-ISSN: 2525-9881| Maranhão | v. 3 | n. 2 | p. 88 - 104 | Jul/Dez. 2017.

REZENDE, Fernando A. Finanças Públicas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2001.

RIBEIRO, Marcio Bruno. Desempenho e eficiência do gasto público: uma análise comparativa

entre o Brasil e um conjunto de países da América Latina. IPEA, Rio de Janeiro, dez.

SALDANHA, Clézio. Introdução à Gestão Pública. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2006.

SANT’ANNA, Rodrigo Lopes. Uma avaliação do ensino fundamental nos municípios fluminenses integrando estruturação de problemas e Análise Envoltória de Dados. 2012. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.

SILVA, Jorge Luiz Mariano da; ALMEIDA, Júlio César Lima de. Eficiência no gasto público com educação: uma análise nos municípios do Rio Grande do Norte. Revista Planejamento e Políticas Públicas, n. 39. jul./dez. 2012.

SOARES, José F. Qualidade e equidade na educação básica brasileira: fatos e possibilidades. In: BROCK, Colin e SCHWARTZMAN, Simon (org); Os desafios da educação no Brasil. Tradução de Ricardo Silveira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, p. 91-117, 2005.

Downloads

Publicado

29-08-2018

Como Citar

SANTOS, R. A. T.; PAIXÃO, A. N.; DE OLIVEIRA, N. M. A Eficiência dos gastos públicos com Educação Básica Municipal: Uma análise para séries iniciais do Ensino Fundamental no estado do Tocantins. Travessias, Cascavel, v. 12, n. 2, p. 157–175, 2018. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/19296. Acesso em: 24 jan. 2022.

Edição

Seção

EDUCAÇÃO