A TRANSPOSIÇÃO DO INTERDITO: O QUESTIONAMENTO DA TRADIÇÃO EM LAVOURA ARCAICA

Autores

  • Charlott Eloize Leviski

Palavras-chave:

cultura, literatura

Resumo


Este artigo visa examinar a questão da família patriarcal e tradicional em Lavoura arcaica, autoria de Raduan Nassar. O questionamento da ordem patriarcal, tradicional e religiosa se realiza a partir do filho André, que tem uma visão diferenciada do pai e almeja a liberdade de expressão. O ciclo de austeridade da família é caracterizado pelo trabalho na lavoura, pelos sermões do pai e pela rigidez religiosa. Os únicos momentos de alívio da rotina são as festa no bosque, nas quais demais famílias rurais se reúnem em celebrações regadas a vinho, música e dança. Para André esses instantes de liberdade não são suficientes e uma vez que esse ciclo de tradição é rompido torna-se impossível retomar a ordem anterior, sendo que a família é totalmente (re) transformada.

Downloads

Publicado

27-10-2011

Como Citar

LEVISKI, C. E. A TRANSPOSIÇÃO DO INTERDITO: O QUESTIONAMENTO DA TRADIÇÃO EM LAVOURA ARCAICA. Travessias, Cascavel, v. 5, n. 2, 2011. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/5437. Acesso em: 29 nov. 2021.

Edição

Seção

CULTURA