MÍDIA X ESCOLA: EM PAUTA, A SEXUALIDADE

Autores

  • Fernanda Amorim Accorsi

Palavras-chave:

Mídia, escola, sexualidade.

Resumo


Este artigo objetiva problematizar a sexualidade exibida pela mídia e aquela que é trabalhada na escola. Partimos da premissa de que a sexualidade é algo inerente à vida e à saúde para refletir sobre como ocorre a educação dos corpos nas mensagens midiáticas e no conteúdo escolar. Consideramos que a educação não ocorre exclusivamente no espaço formal da escola, a mídia, entre outras esferas, também tem se encarregado de educar os sujeitos. Mas a escola e a mídia têm trabalhado sexualidade da mesma forma? Vimos que os padrões normativos de “ser homem” e “ser mulher” estão presentes tanto na mídia quanto na escola, também percebemos que ambas raramente colocam em xeque algumas “certezas sociais” como a heterossexualidade. Portanto, defendemos o fim de tabus no processo de ensino e aprendizagem em uma perspectiva de trabalho pedagógico que questione as formas sociais hegemônicas de tratar as diferenças culturais.

Downloads

Publicado

20-01-2014

Como Citar

ACCORSI, F. A. MÍDIA X ESCOLA: EM PAUTA, A SEXUALIDADE. Travessias, Cascavel, v. 7, n. 2, 2014. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/8472. Acesso em: 19 jan. 2022.

Edição

Seção

EDUCAÇÃO