RESISTÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS AO HERBICIDA GLYPHOSATE

Autores

  • Oscar Mitsuo Yamashita
  • Sebastião Carneiro Guimarães

Palavras-chave:

inibidores da EPSPs, mecanismo de ação, seleção

Resumo


A repetida utilização de herbicidas de mesmo mecanismo de ação
provoca pressão de seleção em plantas daninhas. Uma das formas de resposta
das populações de plantas daninhas à constante utilização de um herbicida
é a seleção de biotipos de plantas daninhas resistentes a esses herbicidas.
Na prática, essa seleção de biotipos resistentes tem sido relatada em diversos
locais de cultivo em toda a Terra. O manejo correto de plantas daninhas pode
evitar essa pressão de seleção, bem como permitir o uso consciente de
herbicidas e outras práticas que possam propiciar a manutenção da flora
infestante em níveis economicamente viáveis. Portanto, com a presente
revisão, espera-se fornecer informações sobre os aspectos relacionados à
resistência de plantas daninhas a herbicidas, especialmente o glifosato
(glyphosate), e com isso, contribuir para futuras estratégias de prevenção e
manejo da resistência.

Downloads

Publicado

08-11-2011

Como Citar

YAMASHITA, O. M.; GUIMARÃES, S. C. RESISTÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS AO HERBICIDA GLYPHOSATE. Varia Scientia Agrárias, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 189–215, 2011. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/variascientiaagraria/article/view/5643. Acesso em: 29 maio. 2022.

Edição

Seção

Revisão