O trabalho do professor de educação fisica com o aluno com deficiência no ensino regular

Sabrina de Souza, Viviane Preichard Duek, Larissa Cerignoni Benites

Resumo

Este estudo trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva que se valeu da estratégia da pesquisa documental e teve por objetivo identificar os aspectos da produção acadêmica na área da Educação Física escolar frente ao trabalho docente diante dos alunos com deficiência nas escolas regulares. A busca privilegiou a plataforma Scielo e periódicos CAPES, apresentando oito termos combinados pelo operador ‘and’ e como critérios de inclusão os artigos publicados nos últimos dez anos e encontrados na língua portuguesa. Resultando em 53 artigos que compuseram o acervo documental do estudo. A análise dos dados se deu de maneira qualitativa descritiva utilizando-se do processo de leitura, codificação e categorização, o qual oportunizou a discussão dos dados em dois eixos: (1) A escola frente as demandas da inclusão, onde apontou-se para as questões inerentes a escola, e; (2) As percepções dos professores de Educação Física, onde se levantou os diferentes tipos de percepções que os professores possuem quando se trata de trabalhar com a inclusão e com os alunos com deficiência dentro da educação regular. Como consideração final revela-se que aspectos como as condições dos espaços escolares e recursos materiais, dificuldades, a formação profissional, enfrentamentos da prática pedagógica, visão dos e sobre os alunos e o papel da Educação Física possuem um amplo destaque da literatura, compreendendo os aspectos do trabalho do professor e sua relação com os desafios da docência em situações de inclusão, apresentando um cenário de dificuldades, mas sobretudo de possibilidades e superações.

Palavras-chave

Trabalho docente; Professor; Inclusão

Referências

ALVES, M. L. T.; DUARTE, E. A percepção dos alunos com deficiência sobre a sua inclusão nas aulas de Educação Física escolar: um estudo de caso. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 28, n. 2, p. 329-338, 2014.

ANJOS, H. P.; ANDRADE, E. P.; PEREIRA, M. R. A inclusão escolar do ponto de vista dos professores: o processo de constituição de um discurso. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 14, n. 40, p. 116-129, jan./abr., 2009.

ANJOS, H. P. et al. Práticas pedagógicas e inclusão: a sobrevivência da integração nos processos inclusivos. Educação & Sociedade, Campinas, v. 34, n. 123, p. 495-507, abr./jun. 2013.

BARTALOTTI, C. C. et al. O. Concepções de profissionais de educação e saúde sobre Educação Inclusiva: reflexões para uma prática transformadora. O mundo da saúde, São Paulo, v. 2, n. 32, p. 124-130, abr./jun., 2008.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei nº 9394. Dispõe sobre a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, de 20 de dezembro de 1996.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Educação Física / Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC / SEF, 1997.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2016. Proposta Preliminar. Segunda versão.

BRASIL. Ministério da Educação. Medida Provisória nº 746. Dispõe sobre a regulamentação e implementação do ensino médio de 22 de setembro de 2016.

BRAUN, P.; NUNES, L. R. D. P. A Formação de Conceitos em Alunos com Deficiência Intelectual: o Caso de Ian. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 21, n. 1, p. 75-92, jan./mar., 2015.

BRIANT, M. E. P.; OLIVER, F. C. Inclusão de crianças com deficiência na escola regular numa região do município de São Paulo: conhecendo estratégias e ações. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v.18, n.1, p. 141-154, Jan./Mar., 2012.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em Educação: fundamentos, métodos e técnicas. In: Investigação qualitativa em educação. Portugal: Porto Editora, 1994.

CAMPOS, C. J. G. Método de análise de conteúdo: ferramenta para a análise de dados qualitativos no campo da saúde. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 5, n. 57, p.611-614, set./out., 2004.

CAPELLINI, V. L. M. F.; RODRIGUES, O. M. P. R. Concepções de professores acerca dos fatores que dificultam o processo da educação inclusiva. Educação, Porto Alegre, v. 32, n. 3, p. 355-364, set./dez., 2009.

CARNEIRO, M. S. C. Reflexões sobre a avaliação da aprendizagem de alunos da modalidade Educação Especial na Educação Básica. Revista de Educação Especial. Santa Maria, v. 25, n. 44, p. 513-530, set./dez., 2012.

CHICON, J. F; SÁ, M. G. C. S. A autopercepção de alunos com deficiência intelectual em diferentes espaços-tempos da escola. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 35, n. 2, p. 373-388, abr./jun., 2013.

COELHO, C. L. M.; BASTOS, C. L. Habilidade lógico-espacial de alunos com deficiência intelectual: a torre de hanói como intervenção. Revista Interacções, Lisboa, v. 9, n. 26, p. 311-328, 2013

CONCEIÇÃO V. J. S.; VASSOLER B. C.; FRASSON J. S. A prática pedagógica de professores de educação Física frente à inclusão escolar. Revista Kinesis, Santa Maria, v. 2, ed. 32, p. 36-51, jul./dez., 2014.

CONCEIÇÃO. B. B.; SANCHEZ, D. S. Educação inclusiva: uma história, uma caminhada e novas conquistas para o portador de necessidades especiais. Revista da Universidade do Vale do Rio Verde, Três Corações, v. 12, n. 1, p. 721-729, jan./jul., 2014.

COSTA, V. B. Inclusão escolar na educação física: reflexões acerca da formação docente. Revista Motriz, Rio Claro, v.16 n.4 p.889-899, out./dez., 2010.

COSTA, C. R.; MOREIRA, J. C. C.; SEABA JÚNIOR, M. O. Estratégias de ensino e recursos pedagógicos para o ensino de alunos com TDAH em aulas de Educação Física. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 21, n. 1, p. 111-126, jan/mar., 2015.

CRUZ, G. C.; LEMISHKA, I. Ambientes inclusivo e exclusivo no processo ensino-aprendizagem de pessoas com deficiência mental em aulas de educação física. Revista de Educação Especial, Santa Maria, v. 23, n. 37, p. 315-326, maio/ago., 2010.

DALL’ACQUA, M. J. C. Atuação de professores do ensino itinerante face à inclusão de crianças com baixa visão na educação infantil. Paidéia, Ribeirão Preto, p. 115-122, 2007.

DUEK, V. P. Um olhar sobre a deficiência/ diferença na escola inclusiva. Revista de Educação Especial, Santa Maria, n. 29, p. 01-06, 2007.

FALKENBACH, A. P. et al. A inclusão de crianças com necessidades especiais nas aulas de Educação Física na educação infantil. Movimento, Porto Alegre, v.13, n. 02, p.37-53, mai./ago., 2007.

FERREIRA F. M.; DAOLIO J. Educação física escolar e inclusão: alguns desencontros. Revista Kinesis, Santa Maria, v.2, ed. 32, p. 52-68, jul./dez., 2014.

FIORINI, M. L. S.; MANZINI, E. J. Dificuldades e sucessos de professores de Educação Física em relação à inclusão escolar. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 22, n. 1, p. 49-64, jan./mar., 2016.

FIORINI, M. L. S.; MANZINI, E. J. Inclusão de alunos com deficiência na aula de Educação Física: identificando dificuldades, ações e conteúdos para prover a formação do professor. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 20, n. 3, p. 387-404, jul./set., 2014.

GORGATTI, M. G.; ROSE JÚNIOR, D. Percepções dos professores quanto à inclusão de alunos com deficiência em aulas de Educação Física. Movimento, Porto Alegre, v. 15, n. 02, p. 119-140, abr/jun., 2009.

GHUNTER, H. Pesquisa Qualitativa Versus Pesquisa Quantitativa: Esta É a Questão? Revista Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 22, n. 2, p. 201-210, mai./ago., 2006.

LOPES, A. L. M.; FRACOLLI, L. A. Revisão sistemática de literatura e metassíntese qualitativa: considerações sobre sua aplicação na pesquisa em enfermagem. Texto & Contexto Enfermagem, Florianópolis, v.17, n.4, p.771-778, out/dez, 2008.

MATTOS, S. M. N. Inclusão/exclusão escolar e afetividade: repensando o fracasso escolar das crianças de classes populares. Revista Educar, Curitiba, n. 44, p. 217-233, abr./jun., 2012.

MAZZARINO, J. M.; FALKENBACH, A.; RISSI, S. Acessibilidade e inclusão de uma aluna com deficiência visual na escola e na educação física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, v. 33, n. 1, p. 87-102, jan./mar., 2011.

MELO, F. R. L. V.; FERREIRA, C. C. A. O cuidar do aluno com deficiência física na educação infantil sob a ótica das professoras. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v.15, n.1, p.121-140, jan./abr., 2009.

MICHELS, L. R. A educação inclusiva na perspectiva dos professores do ensino fundamental. Extensio: Revista Eletrônica de Extensão, Florianópolis, n. Especial, p. 73-81, 2015.

NACIF, M. F. P. et al. Educação Física Escolar: Percepções do Aluno com Deficiência. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 22, n. 1, p. 111-124, jan./mar., 2016.

OHL, N. G. et al. Escolarização e preconceito: lembranças de jovens com e sem deficiência. Revista da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, v. 13, n. 2, jul./dez., 2009.

PALMA, L. E.; LEHNHARD, G. R. Aulas de educação física e inclusão: um estudo de caso com a deficiência física. Revista de Educação Especial, Santa Maria, v. 25, n. 42, p. 115-126, jan./abr., 2012.

PALMA, L. M.; MANTA, S. W. Alunos com deficiência física: a compreensão dos professores de Educação Física sobre a acessibilidade nos espaços de prática para as aulas. Educação, Santa Maria, v. 35, n. 2, p. 303-314, maio/ago., 2010.

PASQUALE, G. D.; MASELLI, M. Pessoas com deficiência e escola: principais mudanças na experiência Italiana. Revista Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 39, n. 3, p. 707-724, jul./set., 2014.

PENHA, L. D. S.; SILVA, L. D. S.; CARVALHO, C. M. N. A inclusão do aluno com surdez na instituição escolar. Revista da Universidade do Vale do Rio Verde, Três Corações, v. 12, n. 1, p. 730-738, jan./jul., 2014.

RODRIGUES, D. Dez ideias (mal) feitas sobre a educação inclusiva. Inclusão e educação: doze olhares sobre a educação inclusiva. Summus, São Paulo, p. 299-318, 2006.

SAMPAIO, R. F.; MANCINI, M. C. Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, v. 11, n. 1, p. 83-89, jan./fev., 2007.

SERRA, D. Autismo, família e inclusão. Polêmica, Rio de Janeiro, v. 9, n. 1, p. 40-56, 2012.

SILVEIRA, K. A.; ENUMO, S. R. F.; ROSA, E. M. Concepções de professores sobre inclusão escolar e interações em ambiente inclusivo: uma revisão da literatura. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 18, n. 4, p. 695-708, out./dez., 2012.

SOUTO, M. C. D. et al. Integrando a Educação Física ao Projeto Político Pedagógico: perspectiva para uma educação inclusiva. Motriz, Rio Claro, v.16 n.3 p.762-775, jul./set., 2010.

SOUZA, G. N. et al. A educação psicomotora como ferramenta auxiliar na inclusão social de crianças portadoras da síndrome de down. Revista Biológicas & Saúde, v. 2, n. 4, p. 20-26, 2012.

STELLA, C.; SEQUEIRA, V. C. Inclusão e o cotidiano escolar: a visão dos professores. Cadernos de Pós-Graduação em Distúrbios do Desenvolvimento, São Paulo, v. 13, n. 2, p. 70-80, 2013.

VIEIRA, C. M. Sentimentos infantis em relação à deficiência intelectual: efeitos de uma intervenção. Revista da Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 35, n. 2, p. 423-436, 2015.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário
';