Chamada de Publicação: Chamadas 2019

Dossiê: “RECEPÇÃO E MEDIAÇÃO DA ARTE CONTEMPORÂNEA”

Organização: Dra Salete Machado (UNESPAR) e Dr. Robson Rosseto (UNESPAR).

1º quadrimestre, v. 13, n. 1, jan./abr. 2019.
Submissão até 07/04/2019.

EMENTA: No contexto da recepção e mediação de obras de arte são fundamentais estudos de Giorgio Agaben sobre "O que é contemporâneo?" e de Jacques Rancière sobre "O espectador emancipado", articulados às Teorias da Recepção de Hans Robert Jauss, Mikhail Bakhtin, Umberto Eco, Vincent Jouve, Wolfgang Iser, dentre outros autores, que corroboram com a formação continuada do professor-artista-pesquisador, inserido no universo educacional, artístico e científico da sociedade contemporânea, de modo a propiciar-lhe condições de ampliar o acesso ao desenvolvimento da produção intelectual e artística com foco no ensino das Artes. Neste diapasão, esta edição da Revista Travessias interessa-se por: estudos da recepção da arte a partir de perspectivas teóricas que analisam as relações entre o espectador e as produções artísticas contemporâneas; reflexões sobre os processos sensoriais e perceptivos de leitura das diferentes formas de relação entre o público e a obra de arte; análises sobre o espectador como princípio formativo poético na relação dialógica entre Arte e Recepção; e sobre o papel do educador como mediador nas ações educativas no espaço escolar, cinemas, exposições, espetáculos, museus e demais interações entre Arte e Sociedade.

PALAVRAS-CHAVE: Arte contemporânea; Mediação artística; Processo e Recepção artística.

 

 

Dossiê: “MITOLOGIAS CONTEMPORÂNEAS”

Organização: Dr. Hertz Wendel de Camargo (UFPR), Dranda. Adriana Goreti de Oliveira Lopes (UNIOESTE).

2º quadrimestre, v. 13, n. 2, maio/ago. 2019.
Submissão até 02/08/2019.

EMENTA: Artes e narrativas contemporâneas são campos que compõem imaginários, criam mapas culturais e apresentam linguagens que dialogam com estruturas ancestrais universais, provando que há uma pós-vida (no conceito Warburguiano) das imagens arquetípicas em pulsões que circulam por meio de mitos, rituais, estruturas mentais, discursos, temporalidades, espaços, memória e a própria história humana. A proposta do dossiê é a de selecionar artigos que contemplem diferentes formas de mitologias contemporâneas. Da imagem pictórica à literatura e ao cinema, passando por artes como a dança, o teatro, a música, chegando às diferentes narrativas midiáticas – como a publicidade, o jornalismo, a televisão, o rádio, o vídeo, as mídias digitais –, é possível verificar que há, de fato, uma pós-vida do mito. O dossiê pretende destacar a interdisciplinaridade existente entre as áreas da Literatura, Linguagens, Artes, Cinema e Comunicação que possuem o mito como fio condutor de sentidos, discursos, políticas e estéticas, enfim, formas de ser e estar em sociedade.

PALAVRAS-CHAVE: Mitologia Contemporânea; literatura; cinema; arquétipos; narrativas digitais.

 

Dossiê: “IDENTIDADES SOCIAIS DE RAÇA EM LIVROS DIDÁTICOS E NARRATIVAS AUTOBIOGRÁFICAS”

Organização: Dra. Aparecida de Jesus Ferreira (UEPG).
3º quadrimestre, v. 13, n. 3, set/dez. 2019. Submissão até 16/11/2019.

RESUMO: Este Dossiê temático, tem como interesse publicar artigos acerca de identidades sociais de raça e interseccionalidades com gênero e classe social nos livros didáticos (LD) e em narrativas autobiográficas. Essa discussão neste momento se justifica considerando que foram e estão sendo aprovados no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) vários LD para serem utilizados nas escolas públicas brasileiras. O dossiê também tem interesse em narrativas que circulam em sala de aula e fora de sala de aula sobre as questões de raça e gênero e interseccionalidades. Essas narrativas nos possibilitam pensar sobre como podem ocorrer as várias formas de construção e desconstrução de formas hegemônicas de abordar sobre as várias identidades sociais existentes nos contextos sociais em que interagimos. Bem como refletir acerca das narrativas como formas de empoderamento. As motivações para este dossiê estão em consonância com as pesquisas que estão ocorrendo no Brasil e no exterior voltadas às questões de identidades sociais de raça, gênero e intersecções.

PALAVRAS-CHAVE: Identidades sociais de raça e gênero, livro didático, narrativas autobiográficas.