QUALIDADE DE VIDA E EDUCAÇÃO FÍSICA: CONHECIMENTO E INTERVENÇÃO CRÍTICA NA SOCIEDADE DE CONSUMO

Autores

  • Paulo Evaldo Fensterseifer
  • Sidinei Pithan da Silva

Palavras-chave:

Qualidade de Vida, Educação Física, Sociedade de Consumo.

Resumo


O presente texto discute e analisa a emergência do discurso sobre a “qualidade de vida” na sociedade contemporânea, destacando os desafios implicados nos âmbitos do conhecimento e intervenção em Educação Física. Investiga, num primeiro momento, os percursos históricos da noção de qualidade de vida na racionalidade ocidental. Num segundo momento, destaca este tema como um campo de disputa pela sua interpretação, pelo seu sentido, no âmbito da Educação Física (EF). E, num terceiro e último momento, busca pensar algumas formas de intervenção possíveis no âmbito da saúde e da qualidade de vida a partir da Educação Física Escolar. Emerge deste debate, uma possibilidade epistêmica de situar a Educação Física e compreender sua função na “sociedade de consumo”, bem como uma forma de encaminhar e construir uma perspectiva crítica de intervenção na Educação Física Escolar em relação ao tema da qualidade de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01.01.2000

Como Citar

FENSTERSEIFER, P. E.; SILVA, S. P. da. QUALIDADE DE VIDA E EDUCAÇÃO FÍSICA: CONHECIMENTO E INTERVENÇÃO CRÍTICA NA SOCIEDADE DE CONSUMO. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 7, n. 12, p. 55–58, 2000. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/1797. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigo de Revisão