A CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL DAS POLÍTICAS PÚBLICAS A PARTIR DO FIB (ÍNDICE DE FELICIDADE BRUTA)

Autores

  • Sergio Rodrigo-Martinez
  • Danielle de Ouro Mamed

Palavras-chave:

Sustentabilidade, Políticas Pública, FIB - Índice de Felicidade Bruta

Resumo


O presente trabalho trata-se de uma abordagem interdisciplinar a respeito do uso do FIB (Índice de Felicidade Bruta) na construção sustentável das políticas públicas. Para tanto, procedeu-se ao levantamento das principais teorias sobre o desenvolvimento sustentável relacionadas ao tema, buscando-se destacar os aspectos jurídicos que poderiam contribuir para a concretização e remodelação das políticas públicas no Brasil. No seu decorrer, será possível notar o que impulsionou a criação do conceito, notadamente, a crise socioambiental trazida pelo sistema econômico vigente. Por sua vez, na busca por alternativas possíveis, a sustentabilidade advém enquanto prática aplicável do lema do desenvolvimento sustentável no caso concreto, a qual passa a ser orientada pela busca da felicidade, pelo uso do FIB ao readaptar as políticas públicas brasileiras.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

RODRIGO-MARTINEZ, S.; MAMED, D. de O. A CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL DAS POLÍTICAS PÚBLICAS A PARTIR DO FIB (ÍNDICE DE FELICIDADE BRUTA). Revista Direito à Sustentabilidade, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 122–138, 2000. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/direitoasustentabilidade/article/view/11053. Acesso em: 21 maio. 2022.

Edição

Seção

Doutrina Nacional