JUVENTUDE RURAL NO BRASIL: ENTRE FICAR E PARTIR

Autores

  • Rodrigo Kummer
  • Silvio Antônio Colognese

DOI:

https://doi.org/10.48075/rtc.v20i39.9817

Palavras-chave:

juventude, rural, migração, permanência, agricultura familiar

Resumo


o artigo faz uma análise da literatura sobre a juventude rural, particularmenterelativa ao dilema dos jovens rurais entre permanecer no meio rural ou migrar para ascidades. O objetivo é evidenciar a necessidade de pesquisas específicas sobre as dinâmicassucessórias, de permanência ou de migração dos jovens rurais. Ficar ou partir? Este é umdilema cujos resultados permanecem desequilibrados em partir e são pouco compreendidosem suas motivações. Daí a necessidade da multiplicação das pesquisas nestas direções.Entre ficar e partir atuam muitas variáveis. Mesmo por que, partir ou ficar não são alternativassem volta. São apenas possibilidades reatualizadas a cada ponto da trajetória destes jovensrurais.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

KUMMER, R.; COLOGNESE, S. A. JUVENTUDE RURAL NO BRASIL: ENTRE FICAR E PARTIR. Tempo da Ciência, [S. l.], v. 20, n. 39, p. 201–220, 2000. DOI: 10.48075/rtc.v20i39.9817. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/tempodaciencia/article/view/9817. Acesso em: 19 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos