GERAÇÕES, FRONTEIRAS E ITALIANIDADE NO SUL DO BRASIL

Autores

  • Silvio Antonio Colognese

DOI:

https://doi.org/10.48075/rtc.v18i36.9049

Palavras-chave:

gerações, fronteiras, italianidade, unidade de análise

Resumo


O objetivo deste trabalho é sugerir a importância da noção de fronteira enquantounidade de análise nas pesquisas sobre relações geracionais em ambientes de mobilizaçãoétnica. Para a demonstração desta importância, são utilizadas informações de pesquisassobre associativismo étnico, encontros de parentelas e movimentos pela busca da duplacidadania entre descendentes de italianos no Sul do Brasil.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

COLOGNESE, S. A. GERAÇÕES, FRONTEIRAS E ITALIANIDADE NO SUL DO BRASIL. Tempo da Ciência, [S. l.], v. 18, n. 36, p. 137–152, 2000. DOI: 10.48075/rtc.v18i36.9049. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/tempodaciencia/article/view/9049. Acesso em: 28 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>