Objetos de Aprendizagem: criação e compartilhamento de mídias para a educação

Autores

  • Graziela de Souza Sombrio
  • Morgana Niehues
  • Samara de Sena
  • Francisco Antonio Pereira Fialho

Palavras-chave:

Mídias, objetos de aprendizagem, repositórios

Resumo


Os estudantes de hoje entram na escola sendo, desde muito pequenos, ávidos usuários de tecnologia. Este perfil de estudante demanda que a escola se adapte à sua realidade, no sentido de inserir mídias no cotidiano de ensino-aprendizagem. Nesse sentido, objetos de aprendizagem (OAs) surgem como uma alternativa para inserir as mídias na sala de aula. Já existem diversas iniciativas espalhadas pela internet com o intuito de compartilhar OAs previamente produzidos. Entre essas iniciativas destaca-se os diversos tipos de repositórios que objetivam indexar, classificar e compartilhar OAs. Porém, por serem iniciativas relativamente recentes, os repositórios ainda apresentam algumas dificuldades para o usuário, sobretudo no que diz respeito à variedade de conteúdos, facilidade de acesso e usabilidade. Também destacam-se iniciativas independentes que objetivam a criação e disseminação de OAs pela internet, fora dos repositórios formais. Sendo assim, neste artigo busca-se, através de revisão de bibliografia, elencar o conceito de OAs, assim como investigar seus tipos e  características. Procura-se também examinar as características dos repositórios especializados, assim como mapear iniciativas de produção de OAs independentes e não indexadas.

Referências

BANCO INTERNACIONAL DE OBJETOS INTERNACIONAIS. Disponível em: <http://objetoseducacionais2.mec.gov.br>. Acesso em: 20 mai. 2015.

BURGESS, Jean; GREEN, Joshua. O YouTube e a Revolução Digital. Disponível em:

<http://www.editoraaleph.com.br/site/media/catalog/product/f/i/file_32.pdf>. Acesso em: 25 mai. 2015.

CAMERA SIM. Disponível em: <http://camerasim.com>. Acesso em: 20 mai. 2015.

CANAL KURZGESAGT YOUTUBE. Disponível em: <https://www.youtube.com/user/Kurzgesagt>. Acesso em: 25 mai. 2015.

COELHO, Geovália Oliveira; ISHITANI, Lucila; NELSON, Maria Augusta Vieira. Vitae: recuperação de objetos de aprendizagem baseada na web 2.0. ETD - Educação Temática Digital, Campinas - SP, v.2, p.238-257, jul/dez. 2012. Disponível em: <http://periodicos.bc.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/1232/pdf_1>. Acesso em: 20 abr. 2015.

FAVA, Rui. Educação 3.0: aplicando o PCDA nas instituições de ensino. São Paulo: Saraiva, 2014. 256 p.

FRANCISCO, Cláudia Cristina Batistela. Formação docente: o uso de conteúdos midiáticos e das tic no processo de ensino e de aprendizagem no ensino superior. Acta Scientiarum: Education,

Maringá, v. 33, n. 1, p.49-55, jan/jun. 2011. Disponível em: <http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciEduc/article/view/11307/11307>. Acesso em: 16 mar. 2015.

GHELMAN, Raphael et al. Reconhecimento e Agrupamento de Objetos de Aprendizagem Semelhantes. Revista Brasileira de Informática na Educação, Porto Alegre, v. 15, n. 3, p.17-24, set./dez. 2007. Disponível em: <http://www.lbd.dcc.ufmg.br/colecoes/rbie/15/3/003.pdf>. Acesso em: 25 mai. 2015.

JORUM. Disponível em: <http://www.jorum.ac.uk >. Acesso em: 21 mai. 2015.

JUNDROO. Disponível em: <http://jundroo.com>. Acesso em: 20 mai. 2015.

KHAN ACADEMY. Disponível em: <https://www.khanacademy.org>. Acesso em: 20 mai. 2015.

KRATZ, Ricardo de Andrade et al. Fábrica de adequação de objetos de aprendizagem. Revista Brasileira de Informática na Educação, Porto Alegre, v. 15, n. 3, p.25-38, set./dez. 2007. Disponível em: <http://www.lbd.dcc.ufmg.br/colecoes/rbie/15/3/004.pdf>. Acesso em: 25 mai. 2015.

KURZGESAGT. Disponível em: <http://kurzgesagt.org>. Acesso em: 25 mai. 2015.

LEHMAN, Rosemary. Learning Object Repositories. New directions for adults and continuing education. n. 113, p. 57-66, 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2015.

MACHADO, João Luís de Almeida. Zoom Poliedro: Vide aulas em formato pílula e sua utilização por estudantes e professores do Ensino Médio. Disponível em: <http://www.researchgate.net/profile/Joao_Luis_Machado/publication/271486850_Zoom_Poliedro_Videoaulas_em_formato_plula_e_sua_utilizao_por_estudantes_e_professores_do_Ensino_Mdio_(Videoclasses_in_pill_format_Zoom_Poliedro_Project_and_YouTube_Edu_Brazil_curator_experience)/links/54c8d8600cf238bb7d0e746f.pdf>. Acesso em: 29 mai. 2015.

MARÇAL, Maria Christianni Coutinho; MELLO, Sérgio Carvalho Benício de; CORRÊA, Maria Iraê de Souza. As crises silenciadas pela modernidade e pelas tecnologias da cultura da virtualidade real. Famecos: mídia, cultura e tecnologia, Porto Alegre, v. 9, n. 1, p.249-264, jan./abr, 2012. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/11351>. Acesso em: 13 mar. 2015.

MELO, Janete A. P. Avaliação de objetos de aprendizagem: cruzando caminhos e produzindo novos olhares. Revista Latinoamericana de Tecnologia Educativa RELATEC, v. 8, n. 2, p. 59-75, 2009. Disponível em: <http://relatec.unex.es/article/view/527/425>. Acesso em: 25 mai. 2015.

MERLOT. Disponível em: <http://www.merlot.org/merlot/index.htm>. Acesso em: 21 mai. 2015.

MORAN, José Manuela; MASETTO, Marcos T.; BERHENS, Marilda Aparecida. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 21. ed. Campinas: Papirus, 2013. 171 p. (Coleção Papirus Educação).

PATREON. Disponível em: <https://www.patreon.com/Kurzgesagt?ty=h>. Acesso em: 25 mai. 2015.

PRENSKY, Marc. Teaching Digital Natives: Partnering for real learning. USA: Corwin, 2010.

RIVED – REDE INTERATIVA VIRTUAL DE EDUCAÇÃO. Disponível em: <http://rived.mec.gov.br/site_objeto_lis.php>. Acesso em: 20 mai. 2015.

ROZADOS, Helen Beatriz Frota. Objetos de aprendizagem no contexto da construção do conhecimento. Ciência & Desenvolvimento: Revista Eletrônica da Fainor, Vitória da Conquista, v. 2, n. 1, p.46-63, jan./dez. 2009. Disponível em: <http://srv02.fainor.com.br/revista/index.php/memorias/article/view/62>. Acesso em: 25 mai. 2015.

SAMPAIO, Romilson Lopes; ALMEIDA, Ana Rita Silva. Aprendendo matemática com objetos de aprendizagem. Ciências & Cognição, Rio de Janeiro, v. 15, n. 1, p.64-75, abr. 2010. Disponível em: <http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/290/163>. Acesso em: 22 abr. 2015.

TAVARES, Romero. Aprendizagem significativa, codificação dual e objetos de aprendizagem. Revista Brasileira de Informática na Educação, Porto Alegre, v. 18, n. 2, p. 5-16, 2010. Disponível em: <http://www.br-ie.org/pub/index.php/rbie/article/view/1205/1114>. Acesso em: 25 mai. 2015.

THE FWA. Disponível em: <http://www.thefwa.com>. Acesso em: 20 mai. 2015.

WARSAWRISING. Disponível em: <http://warsawrising.eu>. Acesso em: 20 mai. 2015.

WEBEDUC. Disponível em: <http://webeduc.mec.gov.br>. Acesso em: 20 mai. 2015.

WILEY, David.A. (2000). Connecting learning objects to instructional design theory: A definition, a metaphor, and a taxonomy. In D. A. Wiley (Ed.), The Instructional Use of Learning Objects: Online Version. Disponível em: <http://reusability.org/read/chapters/wiley.doc>. Acesso em: 21 abr. 2015.

YOUTUBE EDU. Disponível em: <https://www.youtube.com/channel/UCs_n045yHUiC-CR2s8AjIwg/featured>. Acesso em: 25 mai. 2015.

Downloads

Publicado

27-06-2016

Como Citar

SOMBRIO, G. de S.; NIEHUES, M.; DE SENA, S.; FIALHO, F. A. P. Objetos de Aprendizagem: criação e compartilhamento de mídias para a educação. Travessias, Cascavel, v. 10, n. 1, p. 287–301, 2016. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/12314. Acesso em: 26 jan. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO: TIC, MULTILETRAMENTOS, SUPORTES E RECURSOS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS APLICADOS AO ENSINO DE LÍNG. PORTUGUESA