Refletindo sobre as questões de gênero em sala de aula

Autores

  • Ricardo Desidério da Silva

Palavras-chave:

Gênero. Sexualidade. Educação Sexual. Formação de Professores.

Resumo


Se pensarmos a respeito das questões de gênero, elas se fazem presentes em todos os espaços, sejam eles formais ou informais. As normas são ditadas entre o que é certo ou errado para o menino e menina, sendo cada vez mais evidentes durante todo nosso desenvolvimento. Na família e/ou na escola são evidentes os tratamentos tão direcionados ao menino e a menina. Em casa, os pais comprovam essas regras por suas atitudes e comportamentos frente aos direcionamentos tomados e muito bem específicos a cada um dos filhos. Ao menino é dado tudo que é tido como de menino e para a menina acontecerá o mesmo. Se na família há um casal, a separação fica ainda mais evidente. Já na escola, este processo se dá na separação por filas de meninos e meninas, atividades específicas dada a cada um deles, entre tantos outros aspectos que são facilmente observáveis. Entretanto, o objetivo do texto aqui proposto é apontarmos para uma reflexão quanto ao seu conceito e a necessidade de ações na escola que combatam a reprodução de discriminação de gênero e, para isso, defendemos em primeiro lugar uma formação específica junto aos professores , assim como acreditamos que esse conteúdo deva ser trabalhado junto aos estudantes de modo sistemático, contínuo e de forma efetiva, com momentos de interação grupal e reflexões conjuntas, colocando em prática um Programa de Educação Sexual que faça parte do Projeto Político Pedagógico da escola.

Biografia do Autor

Ricardo Desidério da Silva

Pedagogo. Doutor em Educação Escolar, na linha de pesquisa em Sexualidade, Cultura e Educação Sexual pela UNESP/Araraquara-SP. Professor no Curso de Pedagogia e Coordenador do NERG-Núcleo de Educação para Relações de Gênero da UNESPAR – Universidade Estadual do Paraná, Campus de Apucarana-PR.  Pesquisador no Grupo de Pesquisa SexualidadeVida/USP-CNPq.

Referências

ANDRADE, Éderson; SOUZA, Leonardo Lemos de. Gênero, identidade e cultura nas práticas corporais no contexto escolar. In: SOUZA, Leonardo Lemos de; ROCHA, Simone Albuquerque da. Formação de educadores, gênero e diversidade. Cuiabá: EdUFMT, 2012.

FINCO, Daniela. Relações de gênero nas brincadeiras de meninos e meninas na educação infantil. Pro-Posições. Campinas, SP: Unicamp, v. 14, n.3 (42) set/dez, 2003, p. 89-101.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: uma abordagem pós-estruturalista. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.

______. Gênero e sexualidade: pedagogias contemporâneas. Pró-Posições, vol. 19, n. 2 (56), maio/ago, pp. 17-23, 2008.

MAIA, Ana Cláudia Bortolozzi; RIBEIRO, Paulo Rennes Marçal. Educação Sexual: princípios para ação. Doxa, v.15, n.1, p.75-84, 2011.

MEYER, Dagmar Estermann. Gênero e educação: teoria e política. In: LOURO, Guacira Lopes; FELIPE, Jane; GOELLNER, Silvana Vilodre. Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo na educação. 9 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

MORENO, Montserrat. Como se ensina a ser menina: o sexismo na escola. Trad. Ana Venite Fuzatto. São Paulo: Moderna; Campinas, SP: Editora da Universidade Estadual de Campinas, 1999.

PIRES, Juliana Gabricho Capella; MAIO, Eliane Rose. In: Anais da XX SEMANA DE PEDAGOGIA DA UEM, VIII ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO/ I JORNADA PARFOR, 2013, Maringá. Gênero dentro de um espaço da educação infantil: a brinquedoteca. Maringá, PR: Universidade Estadual de Maringá, 2013.

REIS, Kellen Cristina Florentino; MAIA, Ana Cláudia Bortolozzi. Estereótipos sexuais e a educação sexista no discurso de mães. In: VALLE, Tânia Gracy Martins do. Aprendizagem e desenvolvimento humano: avaliações e intervenções [online]. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009.

SAFFIOTI, Heleieth. Primórdios do conceito de gênero. Cadernos Pagu – Simone de Beauvoir & os feminismos do século XX, Nº 12, especial, Campinas, SP, pp. 157-163, 1999.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação & Realidade, vol. 20, n.2, jul-dez. Porto Alegre [s.e.], 1995.

SILVA, Ricardo Desidério. Educação Audiovisual da Sexualidade: olhares a partir do Kit Anti-Homofobia. 2015, 144 f. Tese (Doutorado em Educação Escolar). Faculdade de Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista, Araraquara-SP, 2015.

VIANNA, Claudia; FINCO, Daniela. Meninas e meninos na Educação Infantil: uma questão de gênero e poder. Cadernos Pagu, n. 33, julho-dezembro, 2009, p. 265-283.

VIEIRA, Cristina Maria Coimbra. Crescer sem discriminações. Perscrutando e combatendo estereotipias de género nas práticas familiares e escolares. In: RABELO, Amanda Oliveira; PEREIRA, Graziela Raupp; REIS, Maria Amelia de Souza (Orgs.). Formação docente em gênero e sexualidade: entrelaçando teorias, políticas e práticas. etrópolis, RJ: De Petrus ET Alii; Rio de Janeiro: FAPERJ, 2013.

Downloads

Publicado

11-05-2017

Como Citar

DA SILVA, R. D. Refletindo sobre as questões de gênero em sala de aula. Travessias, Cascavel, v. 11, n. 1, p. 15–23, 2017. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/16638. Acesso em: 19 maio. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO: SEXUALIDADE, GÊNERO E EDUCAÇÃO NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA