Visão dos pais sobre a participação de seus filhos em um programa esportivo social

Carlos Guelton Martins Guimarães, Siomara Aparecida Silva, Jenipher Emanuelle de Lima Campos Zampier

Resumo

Objetivo: O objetivo deste estudo foi apontar os pontos de vista dos pais sobre a participação de seus filhos em um programa esportivo social, o Programa Segundo Tempo. Métodos: Participaram 106 pais responsáveis por 145 beneficiados. A metodologia partiu da aplicação de um questionário, composto por 23 perguntas que foram agrupadas e descritas por temas, em cada tema foram apontadas as respostas mais frequentes. Foram descritos os conteúdos das temáticas amizades e comportamento escolar, mudanças individuais, amizades e comportamento social, comportamento motor e opiniões gerais sobre o programa. Resultados: A partir das respostas apontadas, foi possível observar que os pais atribuem grande importância à participação de seus filhos no programa, destacando a promoção de atividades que não seriam disponibilizadas aos filhos por limitações financeiras. Conclusão: Há a necessidade de estudos complementares que possibilitem uma avaliação dos programas sociais esportivos sob o olhar de outros participantes como os próprios beneficiados, os monitores e os coordenadores.

 

ABSTRACT. Parents’ overiew about the participation of their children in a social sports program. Objective: The aim of this study was to point out the parents’ overview about the participation of their children in a Social Sports Program, the Second Time Program. Methods: It has participated 106 parents responsible for 145 beneficiaries. The methodology was based on the application of a questionnaire consisting of 23 questions that were grouped and described by subject and, in each subject, were identified the most frequent responses. It was decribe the contents of the topics of schoolar friendships and behavior, individual changes, friendships and social behavior, motor behavior and general opinions about the program were described. Results: From these responses, it was observed that parents attribute great importance to the participation of their children in program, highlighting the promotion of activities that would not be available to children for financial constraints. Conclusion: There is a need for additional studies that provide a more comprehensive assessment of social sports programs through the perspective of other participants, as the beneficiaries themselves, monitors and coordinators.

Palavras-chave

Programas Sociais Esportivos, opinião dos pais, benefícios.

Texto completo:

PDF

Referências

ALVES, C.; LIMA, R. V. B. Impacto da atividade física e esportes sobre o crescimento e puberdade de crianças e adolescentes. Revista Paulista de Pediatria, São Paulo, v. 26, n. 4, p. 383-91, 2008.

BARBIRATO, F. R. A socialização no contexto de projetos esportivos: Um estudo de caso da Fundação Gol de Letra. 2005. 143f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2005.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1995.

BISCONSINI, C. R.; ANVERSA, A. L. B.; OLIVEIRA, A. A. B.; SOUZA, V. de F. M. Processo de formação continuada: a realidade de um programa social esportivo. Motrivivência, Florianópolis, v. 27, n. 46, p. 119-34, 2015.

BRASIL. Ministério do Esporte. Manual de diretrizes e orientações do Programa Segundo Tempo 2011. Disponível em: . Acessado em: 30 de maio de 2016.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, 1988. Disponível em . Acessado em: 30 de maio de 2016.

CAMPOS, l. C. B.; CAMPOS, F. A. D.; LOPES, N.; PINHEIRO, S. V.; OLÍVIO JUNIOR, J. A.; KRAVCHYCHYN, C.; OLIVEIRA, A. A. B. Impacto das ações do programa segundo tempo no município de Araras-SP: o olhar dos pais e responsáveis pelos beneficiados. Coleção Pesquisa em Educação Física, Pirassunga, v. 13, n. 1, p. 87-94, 2014.

CASTRO, S. B. E.; SOUZA, D. L. Significados de um projeto social esportivo: um estudo a partir das perspectivas de profissionais, pais, crianças e adolescentes. Movimento, Porto Alegre, v. 17, n. 4, p. 145-63, 2011.

CAVASINI, R. Projetos esportivos sociais voltados para jovens: um estudo das contribuições do Projeto Navegar de Porto Alegre. 2008. 112f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

CHAN-VIANNA, A. J.; COSTA, F. R.; OLIVEIRA, R. B. L. Significados da prática esportiva extracurricular para os pais. Arquivos em Movimento, Rio de Janeiro, v. 13, n. 1, p. 21-31, 2017.

EIRAS, S. B. Significados de um projeto social esportivo: o caso do projeto Esporte em Ação – Núcleo Vila Torres. 2011. 139f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2011.

EIRAS, S. B.; VIALICH, A. L.; SOUZA, D. L.; CAVICHIOLLI, F. R. Objetivos da oferta e da procura de projetos sócio-esportivos. Licere, Belo Horizonte, v. 13, n. 3, p. 1-24, 2010.

GAYA, A. Ciências do movimento humano: introdução à metodologia de pesquisa. Porto Alegre: Artmed, 2008.

GOTZE, M. M. A comunicação entre crianças, pais e treinadores na escolinha esportiva de basquetebol, em aulas e eventos esportivos. 2002. 175f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2002.

KNIJNIK, J. D.; GREGUOL, M.; SILENO, S. Motivação no esporte infanto-juvenil: uma discussão sobre razões de busca e abandono da prática esportiva entre crianças e adolescentes. Revista do Instituto de Ciências da Saúde, São Paulo, v. 19, n. 1, p. 7-13, 2001.

KRAVCHYCHYN, C.; OLIVEIRA, A. A. B. Prática pedagógica do esporte educacional no programa segundo tempo: uma construção coletiva. Journal of Physical Education, Maringá, v. 27, n. 1, p. 1-18, 2016.

KRAVCHYCHYN, C.; OLIVEIRA, A. A. B. Projetos Sociais Esportivos no Brasil: uma revisão sistemática. Movimento, Porto Alegre, v. 21, n. 4, p. 1051-65, 2015.

LUDWING, S. E. Projeto social esportivo: A relação do projeto com as famílias e escolas envolvidas e as contribuições para o desenvolvimento infantil. 2008. 134f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) – Centro Universitário Feevale, Novo Hamburgo, 2008.

MENDES, V. R.; PEIL, L. M.; MOTTA, J. A.; CARDOZO, L. P.; ANTUNES, N. S.; BUCHWEITZ, R. Como os pais percebem a participação dos filhos no Programa Segundo Tempo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, v. 15, 2007, Recife. Anais... Recife: CBCE, 2007. p. 1-6. Disponível em: . Acessado em: 23 de agosto de 2016.

OLIVEIRA, A. A. B.; PERIM, G. L. (Orgs.). Fundamentos pedagógicos do Programa Segundo Tempo: da reflexão à prática. Maringá: Eduem, 2009.

SILVA S. A.; ZAMPIER, J. E. L. C. Efeito da prática esportiva sistematizada no desempenho coordenativo com bola de escolares. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 26, n. 3, p. 134-40, 2018.

SILVA, S. A. Bateria de testes para medir a coordenação com bola de crianças e jovens. 2010. 154f. Tese (Doutorado em Educação Física) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

SIMÕES, P. T.; OSBORNE, R.; CAPINUSSÃO, J. M.; DACOSTA, L. Educação física, esporte e desenvolvimento sustentável no programa escola aberta. Revista Intercontinental de Gestão Esportiva, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 33-43, 2011.

SIPLIANO SILVA, S. Educação Física escolar versus projeto social esportivo: “quando os donos da casa perdem o jogo”. 2010. 253f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

SIPLIANO SILVA, S. Programa Segundo Tempo – os objetivos e efeitos dos projetos esportivos sociais: programa de solidadariedade como estratégias para alívio das tensões sociais. 2007. 61f. Monografia (Especialização em Esporte Escolar) – Universidade de Brasília, Brasília, 2007.

SOUZA, E. S.; NORONHA, V.; RIBEIRO, C. A.; TEIXEIRA, D. M. D.; FERNANDES, D. M.; VENÂNCIO, M. A. D. Sistema de monitoramento e avaliação dos programas Esporte e Lazer da Cidade e Segundo Tempo do Ministério do Esporte. 2. ed. Belo Horizonte: Ideal, 2011.

TEIXEIRA, F. C.; KRAVCHYCHYN, C.; BARBOSA-RINALDI, I. P.; OLIVEIRA, A. A. B. Desenvolvimento de um projeto social esportivo: um relato de experiencia no âmbito do Programa Segundo Tempo. Revista Corpoconsciência, Cuiabá, v. 19, n. 1, p. 22-32, 2015.

VARGAS, L. S. Esporte, interação e inclusão social: um estudo etnográfico do “projeto esporte clube cidadão”. 2007. 122 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2007.

VIANNA, J.; LOVISOLO, H. Projetos de Inclusão Social através do esporte: notas sobre a avaliação. Revista Movimento, Porto Alegre, v. 15, n. 3, p. 145-62, 2009.

VIANNA, J.; LOVISOLO, H. Esporte Educacional: A adesão de sujeitos de camadas populares. In: FIEP BULLETIN, v. 75, 2005. Foz do Iguaçu. Anais… Foz do Iguaçu: Congresso FIEP, 2005. p. 487-90.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário
';