PENSAMENTO MODERNO E “QUESTÃO SOCIAL”: Esboço de uma interpretação ontológica a partir de Karl Marx e Friedrich Engels

Charles Toniolo de Sousa

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar uma interpretação teórica sobre o termo “questão social” a partir do pensamento de Karl Marx e Friedrich Engels. Ao reconhecer que o termo é estranho à produção intelectual dos autores, nossa perspectiva foi, identificando a facticidade da “questão social” na sociedade contemporânea, buscar uma leitura a partir de uma ontologia do ser social presente na obra dos autores supracitados, como herdeiros da tradição do pensamento moderno e como fundadores do materialismo histórico-dialético. Em suma, a finalidade aqui é apresentar uma abordagem genética dos elementos que caracterizam aquilo que se entende por “questão social” à luz da obra de Marx e Engels.


Palavras-chave


“Questão Social”, Modernidade, Marx e Engels.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais