INDUSTRIALISMO, DEMOCRACIA E CONSTITUIÇÃO DO OPERARIADO EM CLASSE

José dos Santos Souza

Resumo


Publicado há mais de 160 anos, o Manifesto do Partido Comunista ainda demonstra impressionante potencial explicativo da dinâmica do processo capitalista de produção e reprodução social da vida material, suscitando inúmeras reflexões e debates na contemporaneidade. É a partir desta obra que, neste artigo, buscamos evidenciar a dialética da pedagogia política que permeia a constituição do proletariado em classe no mundo contemporâneo, apontando que este processo se dá no contexto de avanço das forças produtivas e de ampliação do controle social sobre as decisões estatais inerentes ao processo de desenvolvimento do capital. Tal análise tem como propósito evidenciar a pertinência dos princípios fundamentais do materialismo histórico-dialético como matiz estruturante de um pensamento contra-hegemônico em busca da superação da sociedade de classes.



Palavras-chave


Estado; Hegemonia; Luta de classes.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais