Análise dos efeitos de um programa de intervenção baseado na estrutura TARGET e “Escola da Bola” na coordenação motora grossa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36453/cefe.2021.191.a25504

Palavras-chave:

Educação Física, Escola, Saúde, Desempenho Psicomotor, Intervenção, Exercício Físico, Atividade Física, Desenvolvimento Motor, Criança

Resumo


OBJETIVO: O objetivo do trabalho foi analisar os efeitos de um novo programa de intervenção na coordenação motora grossa (CMG) de crianças entre os 05 e 10 anos, avaliadas pela bateria de testes KTK. MÉTODOS: O programa foi realizado em 73 estudantes, selecionados de maneira não probabilística objetiva, com idades entre 05 e 10 anos, de uma rede municipal de ensino da cidade de Curitiba/PR, Brasil, divididos em dois grupos: Grupo Controle (GC=35) e Grupo Intervenção (GI=38). A CMG foi avaliada antes e depois da intervenção por meio da bateria de testes KTK. O programa de intervenção consistiu em 12 semanas de atividades alicerçadas nas estruturas da Técnica de Motivação Orientada Para Maestria (TARGET), e no livro “Escola da Bola – Um ABC para Iniciantes nos Jogos Esportivos”. Os efeitos foram testados utilizando o Teste de Cohen e teste t (dependente e independente).RESULTADOS: Na testagem t dependente, diferenças estatisticamente significativas foram encontradas no GI, do primeiro para o segundo momento, em todos os testes (d≥0,80). O GI obteve uma melhora significativa ao longo das 12 semanas (p<0,05), enquanto no GC não houve diferenças estatisticamente significativas. Na testagem t independente, no momento pré-intervenção (1º Momento), foram encontradas diferenças significativas (p<0,05) nas quatro tarefas, favoravelmente ao GC. No momento pós-intervenção, diferenças estatisticamente expressivas não foram observadas entre o GI e GC. CONCLUSÃO: Conclui-se que um programa interventivo, com duração de 12 semanas, utilizando os jogos da “Escola da Bola” em conjunto com o “TARGET”, trazem melhorias significativas no desempenho coordenativo das crianças, entre 5 e 10 anos de idade.Analyses of the effects of an intervention program based on TARGET structure and “Escola da Bola” on the gross motor coordinationABSTRACT OBJECTIVE: The objectives of the work were to analyze the effects of a new intervention program on gross motor coordination (GMC) of 5 and 10 year old children, diagnosed by the KTK battery test. METHODS: The program was carried out in 73 students, selected in an objective non-probabilistic way, aged between 5 and 10 years, from a municipal education network in the city of Curitiba, Brazil, divided into two groups: Control Group (CG=35) and Intervention Group (IG=38). CMG was assessed before and after the intervention using the KTK test battery. The intervention program consisted in 12 weeks of activities based on the structures of the Mastery-Oriented Motivation Technique (TARGET), and the book “Escola da Bola – Um ABC para Iniciantes nos Jogos Esportivos”. The effects were tested using the Cohen test and t-test (dependent and independent). RESULTS: In the dependent t-test, statistically significant differences were found on the IG, from the first to the second moment, in all tests (d≥0.80). The IG achieved a significant improvement over the 12 weeks (p<0,05), while in the CG there were no statistically significant differences. In the independent t-test, in the pre-intervention moment (1st Moment), significant differences (p<0,05) were found on the four tasks, in favor of the CG. In the post-intervention moment, statistically significant differences were not observed between the IG and CG. CONCLUSION: It follows that an intervention program, lasting 12 weeks, using the games of “Escola da Bola” together with “TARGET”, brings significant improvements in children’s coordinative performance, between 5 and 10 years old.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABURACHID, L. M. C.; SILVA, S. R.; ARAÚJO, N. D.; GRECO, J. P. Badminton: possibilidades de ensino aplicadas ao contexto da educação física escolar. Journal of Physical Education, Maringá, v. 30, n. 1, p. e-3055, 2019.

AMES, C. Classroom: goals, structures, and student motivation. Journal of Educational Psychology, Washington, v. 84, p. 261-71, 1992.

AMES, C. Enhancement of student motivation. In: KLEIBER, D. (Ed.) Advances in motivation and achievement. Jai Press, Greenwith, v. 5, n. 1, p. 123-48, 1987.

ARAÚJO, D. S. Aptidão física, saúde e qualidade de vida relacionada à saúde em adultos. Revista Brasileira de Medicina e Esporte, Niterói, v. 6, n. 5, p. 194-206, 2000.

BART, O.; HAJAMI, D.; BAR-HAIM., Y. Predicting school adjustment from motor abilities in kindergarten. Infant And Child Development, Nova Jersey, v. 16, n. 6, p. 597-615, 2007.

BASSO, L.; SOUZA, C. J. F.; ARAÚJO, U. O.; BASTOS, H. F.; BIANCHI, T. T.; MEIRA JÚNIOR, C. M.; OLIVEIRA, J. A.; PRISTA, A.; TANI, G.; MAIA, J. A. R. Olhares distintos sobre a noção de estabilidade e mudança no desempenho da coordenação motora grossa. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 26, n. 3, p. 495-509, 2012.

BASSUK, S.; MANSON, E. Epidemiological evidence for the role of physical activity in reducing risk of type 2 diabetes and cardiovascular disease. Journal of Applied Physiology, Bethesda, v. 99, p. 1193-204, 2005.

BERLEZE, A.; HAEFFNER, L. S.; VALENTINI, N. C. Prevalência de obesidade na infância em diferentes agrupamentos sociais e a importância de estratégias pedagógicas. Saúde, Santa Maria, v. 34a, p. 44-9, 2008.

BISQUERRA, R.; SARRIERA, J.; MARTINEZ, F. Introdução à estatística: enfoque informático com o pacote estatístico SPSS. Porto Alegre: Artes Médicas: 2004.

BRAGA, R. K.; KREBS, R. J.; VALENTINI, N. C.; TKAC, C. M. A Influência de um programa de intervenção motora no desempenho das habilidades locomotoras de crianças com idade entre 6 e 7 Anos. Revista da Educação Física, Maringá, v. 20, , n. 2, p. 171-81, 2009.

CABRAL, F. A.; ABURACHID, L. M. C.; GRECO, P. J. Futsal feminino universitário: análise de uma proposta metodológica para desenvolvimento das habilidades técnicas. Revista Mineira de Educação Física, Viçosa, v. 2, Edição Especial, n. 1, p. 1451-6, 2012.

CARO, K.; TENTORI, M.; MARTINEZ-GARCIA, A. I.; ZAVALA-IBARRA, I. FroggyBobby: An exergame to support children with motor problems practicing motor coordination exercises during therapeutic interventions. Computers in Human Behavior, Amsterdam, v. 71, p. 479-98, 2017.

CONTRETAS-JÓRDAN, O. R. Ensino de educação física. Uma abordagem construtivista. Barcelona: Publicações INDE, 1998.

COSTA, C. L. Efeito de um programa de intervenção motora sobre o desenvolvimento motor de crianças em situação de risco social na região do Cariri - CE. Revista da Educação Física, Maringá, v. 25, n. 3, p. 353-64, 2014.

DEUS, R. K.; BUSTAMANTE, A.; LOPES V. P.; SEABRA, A. T.; SILVA, R. M. G.; MAIA, J. A. R. Modelação longitudinal dos níveis de coordenação motora de crianças dos seis aos 10 anos de idade da Região Autônoma dos Açores, Portugal. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 24, n. 2, p. 259-73, 2010.

DOBBINS, M.; HUSSON, H.; DECORBY, K.; LAROCCA, R. L. School-based physical activity programs for promoting physical activity and fitness in children and adolescents aged 6 to 18. Cochrane Database of Systematic Reviews, Hoboken, v. 2, n. 2, p. 1-25, 2013.

FERNANDES, S. P.; MOURA, S. S.; SILVA, S. A. Coordenação motora de escolares do ensino fundamental: influência de um programa de intervenção. Journal of Physical Education, Maringá, v. 28, n. 1, p. e-2842, 2017.

FERRARI, G. L. Changes in adiposity levels in schoolchildren according to nutritional status: analysis over a 30 year period. Brazilian Journal of Kineanthropometry and Human Performance, Florianopolis, v. 15, n. 4, p. 405, 2013.

GOODWAY, J.; HAUBENSTRUCKER, J. Parent-assisted instruction in a motor skill program for at risk preschool children. Adapted Physical Activity Quarterly, Champaign, v. 16, p. 415-26, 1999.

HALLAL, P. C. Global physical activity levels: surveillance progress, pitfalls, and prospects. Lancet, London, v. 380, n. 9838, p. 247-57, 2012.

IIVONEN, S.; SÄÄKSLAHTI, A. K. Preschool children’s fundamental motor skills: a review of significant determinants. Early Child Development and Care, Cidade, v. 184, p. 1107-26, 2014.

KIPHARD, E. J.; SCHILLING, V. F. Korper-koordination-test. Fur kinder KTK: Manual Von Fridhelm Schilling. Weinhein: Beltz Test; 1974.

LAGE, G. M. O efeito da interferência contextual na aprendizagem motora: contribuições científicas após três décadas de publicação do primeiro artigo. Revista Brasileira de Cineantropometria e Movimento Humano, Florianópolis, v. 19, n. 2, p. 107-19, 2011.

LAI, K. S. Do school-based interventions focusing on physical activity, fitness, or fundamental movement skill competency produce a sustained impact in these outcomes in children and adolescents? A systematic review of follow-up studies. Sports Medicine, Auckland, v. 44, p. 67-79, 2014.

LARKIN, D.; HOARE, D.; SMITH, K. Understanding and teaching children with movement dysfunction. Nedlands, Western Australia: Department of Human Movement and Recreation Studies, 1989.

LAZZARONI, P. A influência do clima motivacional para maestria nas habilidades motoras fundamentais: ênfase na patinação artística. Porto Alegre, 2017.

LEE, I. M. Effect of physical inactivity on major non-communicable diseases worldwide: an analysis of burden of disease and life expectancy. Lancet, London, v. 380, n. 9838, p. 219-29, 2012.

LOPES, V. P.; MAIA, J. A. R. Efeitos do ensino no desenvolvimento da capacidade de coordenação corporal em crianças de 8 anos de idade. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, v. 11, n. 1, p. 40-8, 1997.

LOPES, V. P.; MAIA, J. A. R.; SILVA, R. G.; SEABRA, A.; MORAIS, F. P. Estudo do nível de desenvolvimento da coordenação motora da população escolar (6 a 10 anos de idade) da região autónoma dos Açores. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto, v. 3, n. 1, p. 47-60, 2003.

MALINA, R. M.; BOUCHARD, C.; BAR-OR, O. Growth, maturation and physical activity. 2. ed. Champaign: Human Kinetics Books, 2009.

MAROCO, J. Análise estatística, com utilização do SPSS. 2.ed. Lisboa: Edições Sílabo, 2003.

MEMMERT, D.; ROTH, K. Teaching invasion games: The effects of specific and non-specific concepts on creativity. Journal of Sport Science, London, v. 25, n. 12, p. 1423-32, 2006.

MOREIRA, J. P.; LOPES, M. C.; MIRANDA-JÚNIOR, M. V.; VALENTINI, N. C.; LAGE, G. M.; ALBUQUERQUE, M. R. Körperkoordinationstest Für Kinder (KTK) for brazilian children and adolescents: factor analysis, invariance and factor score. Front Psychology, Lausanne, v. 10, n. 2.524, p. 1-11, 2019.

MORERA-CASTRO, M.; ARGUEDAS-VIQUEZ, R.; BRABENEC-AGUILAR, S. Efeito de uma intervenção motora baseada no método da descoberta guiada sobre os padrões básicos de movimento de uma criança de 9 anos: estudo de caso. MHSalud, Heredia, v. 17, n. 1, p. 34-48, 2020.

MOSSTON, M.; ASHWORTH, S. Ensino de educação física. Barcelona, Madrid: Hispano Europea, 1986.

NEWELL, K. M. On task and theory specificity. Journal of Motor Behavior, Washington, v. 21, n. 1, p. 92-6, 1989.

PIFFERO, C. M.; VALENTINI, N. C. Habilidades especializadas do tênis: um estudo de intervenção na iniciação esportiva com crianças escolares. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 24, n. 2, p. 149-63, 2010.

PIOLA, T. S.; BACIL, E. L. D.; WATANABE, P. I.; COSTA, T. R. A.; CAMPOS, W. Correlatos da atividade física em crianças e adolescentes: um estudo piloto. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 16, n. 1, p. 217-25, 2018.

PLESS, M.; CARLSSON, M. Effects of motor skill intervention on developmental coordination disorder: a meta-analysis. Adapted Physical Activity Quarterly, York, v. 17, n. 4, p. 381-401, 2000.

POETA, L. S.; ROSA NETO, F. Intervenção motora em uma criança com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH). Lecturas Educación Física y Deportes, Revista Digital, Buenos Aires, v. 10, n. 89, 2005. Disponível em: . Acessado em: 3 de março de 2021.

REIS, R. S.; HINO A. A.; FLORINDO A. A.; AÑEZ, C. R.; DOMINGUES, M. R. Association between physical activity in parks and perceived environment: a study with adolescents. Journal of Physical Activity and Health, Champaign, v. 6, n. 4, p. 503-9, 2009.

ROTH, K.; KRÖGER, C. Escola da bola – um abc para iniciantes nos jogos esportivos. 2. ed. São Paulo: Phorte; 2006.

SAMPAIO, D.; VALENTI, N. C. Iniciação esportiva em ginástica rítmica: abordagem tradicional e o clima motivacional para a maestria. Revista da Educação Física, Maringá, v. 26, n. 1, p. 1-10, 2015.

SÁNCHEZ-LÓPEZ BAÑUELOS, F. Bases para uma didática da educação física e do esporte. Madrid: Gymnos, 1989.

SMITS-ENGELSMAN, B. C.; BLANK, R.; VAN DER KAAY, A. C.; MOSTERD-VAN DER MEIJS, R.; VLUGT-VAN DEN BRAND, E.; ... ; WILSON, P. H. Efficacy of interventions to improve motor performance in children with developmental coordination disorder: a combined systematic review and meta-analysis. Developmental Medicine & Child Neurology, York, v. 55, p. 229-37, 2013.

SOUZA, M.; BERLEZE, A.; VALENTINI, N. C. Efeitos de um programa de educação pelo esporte no domínio das habilidades motoras fundamentais e especializadas: ênfase na dança. Revista da Educação Físca, Maringá, v. 19, n. 4, p. 509-19, 2008.

STODDEN, D.; GOODWAY, J.; LANGENDEROFER, S.; ROBERTON, M. A.; RUDISILL, M.; GARCIA, C. A developmental perspective on the role of motor skill competence in physical activity: an emergent relationship quest. Quest, Cambridge, v. 60, p. 290-306, 2008.

TANI, G.; MANOEL, E.; KOKUBUN, E.; PROENÇA, J. Educação física escolar: fundamentos de uma abordagem desenvolvimentista. São Paulo, EDUSP, 1988.

VALENTINI, N. C. A Influência de uma intervenção motora no desempenho motor e na percepção de competência de crianças com atrasos motores. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 61-75, 2002.

VALENTINI, N. C.; RUDISILL, M. E. Goal orientation and mastery climate: a review of contemporary research and insights to intervention. Estudos de Psicologia, Campinas, v. 23, n. 2, p. 159-71, 2006.

VIDAL, S. M.; BUSTAMANTE, A.; LOPES, V. P.; SEABRA, A.; SILVA, R. G.; MAIA, J. A. R. Construção de cartas centílicas da coordenação motora de crianças dos 6 aos 11 anos da Região Autónoma dos Açores, Portugal. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto, v. 9, n. 1, p. 24-35, 2009.

ZANELLA, L. M.; SOUSA, M. S.; BANDEIRA, P. F. R.; NOBRE, G. C.; VALENTINI, N. C. Crianças com sobrepeso e obesidade: intervenção motora e suas influências no comportamento motor. Motricidade, Ribeira de Pena, v. 12, n. 1, p. 42-53, 2016.

Downloads

Publicado

05-03-2021

Como Citar

VAZ, M. C. S. de O.; CAMPOS, W. de; KERKOSKI, M. J.; AFONSO, G. Análise dos efeitos de um programa de intervenção baseado na estrutura TARGET e “Escola da Bola” na coordenação motora grossa. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 19, n. 1, p. 19–24, 2021. DOI: 10.36453/cefe.2021.191.a25504. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/25504. Acesso em: 21 out. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)