“A vida é uma canção infantil...”: um estudo mitocrítico do videoclipe de “Canção infantil” de Cesar Mc. feat Crystal

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/rt.v14i1.24187

Palavras-chave:

Mito, Texto multimodal, Gilbert Durand,

Resumo


Este artigo faz um estudo mitocrítico do videoclipe de “Canção infantil”, do cantor Cesar MC. Feat Crystal. A fundamentação teórica é a Antropologia do Imaginário de Gilbert Durand (2002), em sua vertente de estudo dos mitos. De acordo com Durand (2002), o mito é uma narrativa arquetipal, composta por símbolos e arquétipos que subjazem todas as produções culturais humanas. Assim sendo, para realizar um estudo do mito, Durand (1996) criou a mitodologia, método de levantamento dos mitemas de uma obra ou de uma época para descobrir o seu mito diretivo. Dentro desse contexto, o presente trabalho assume a mitodologia em sua parte mitocrítica, isto é, um estudo do mito de uma obra específica, no caso, o texto multimodal videoclipe “Canção Infantil”. A intertextualidade constitutiva da letra traz várias referências aos contos de fadas e canções infantis, que associadas ao audiovisual, configuram um mito de heroísmo moderno, em que a arma é a palavra e a redenção é o amor. 

Biografia do Autor

Zilda Dourado Pinheiro, Universidade Estadual de Goiás - Câmpus Sudoeste

Doutoranda em Linguística pelo Programa de pós-graduação em letras e linguística da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás. Possui Mestrado em Linguística pelo Programa de pós-graduação em Letras e Linguística da Universidade Federal de Goiás

Referências

CAMPBELL, J. O herói de mil faces. 10. ed. São Paulo: Cultrix/Pensamento, 2005.

CESAR MC. FEAT CRYSTAL. Canção Infantil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Ri-eF5PJ2X0. Acesso em: 02 mar. 2020.

DURAND, G. As estruturas antropológicas do imaginário. Tradução Hélder Godinho. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

DURAND, G. Campos do imaginário. Lisboa: Instituto Piaget, 1996.

HOOKS, B. Vivendo de amor. Disponível em: https://www.geledes.org.br/vivendo-de-amor/. Acesso em 02 de março de 2020.

PITTA, D. Iniciação à teoria do imaginário de Gilbert Durand. Rio de Janeiro: Atlântica editora, 2005.

STRÔNGOLI, M. O imaginário da menina e a construção da feminilidade. Letras de hoje, Porto Alegre, v. 44, n. 4, p. 26-40, out/dez 2009.

Downloads

Publicado

09-04-2020

Como Citar

PINHEIRO, Z. D. “A vida é uma canção infantil...”: um estudo mitocrítico do videoclipe de “Canção infantil” de Cesar Mc. feat Crystal. Travessias, Cascavel, v. 14, n. 1, p. 89–104, 2020. DOI: 10.48075/rt.v14i1.24187. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/24187. Acesso em: 22 maio. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO: Mito, Imaginário e Ecolinguística