Da salubridade à eugenia: cidade e população no Estado Novo

João Batista Bitencourt

Resumo

O presente artigo ao apresentar um conjunto de obras e ações de cunho médico-sanitarista empreendido na cidade de Laguna, Santa Catarina, durante a administração do prefeito Giocondo Tasso, analisa um deslocamento de abordagem aparente na década de 30 do século XX que aponta para a passagem da salubridade para eugenia. Assim, busca-se lançar luzes sobre os temas cidade e população em relação à política estadonovista.

Palavras-chave

Cidade; População; Estado Novo.

Texto completo:

PDF