Gentes, migração e transitividade migratória

Jones Dari Goettert

Resumo

Aqui tratamos de pensar alguns elementos que compõem a complexidade de cada movimento migratório, de cada sujeito migrante ou de cada experiência do ato de migrar. Partimos de cinco rápidos relatos de experiências migratórias; depois, discorremos sobre a idéia de “transitividade migratória”; e, por último, aludimos à necessidade de superação das simplificações em torno das questões que penetram ou são penetradas pela migração, pelas e pelos migrantes ou por suas experiências. Em especial, salientamos que as análises de migrações devem contemplar – senão privilegiar – os sujeitos centrais de tais processos: as e os migrantes. São elas e eles que, como movimento, “portam” experiências, sociabilidades, tramas, dramas, traumas, realizações e frustrações, esquecimentos e lembranças, enfim, são os próprios sujeitos os movimentos de tempos e espaços participantes de toda e qualquer migração.

Palavras-chave

Gentes; Migração; Transitividade Migratória

Texto completo:

PDF