Erotismo e mídia: pontos de partida para uma análise histórica

Luciana Rosar Fornazari Klanovicz

Resumo

Este artigo discute o erotismo e a mídia brasileira na década  de  1980,  por  meio  de  um  debate  teórico interdisciplinar. Pretende-se, assim, discutir pontos de partida para uma análise histórica das relações existentes entre história e erotismo. A erotização dos corpos debatida pela  imprensa dos anos 1980 é específica: trata de uma vontade de saber sobre as práticas  e  relações  de  homens  e  mulheres.  O  discurso produzido  esteve  destinado  a  poucos,  na  medida  em  que alcançar os padrões que  ligavam estética/plástica corporal ao erotismo  mostravam-se,  na  maioria  das  vezes,  difíceis  de conseguir .

Palavras-chave

Erotismo, Mídia, História

Texto completo:

PDF