OS HUMANOS NO POPOL VUH E NA LEYENDA DE LOS SOLES: abordagens das fontes e sua presença no ensino básico

Paulo José Koling

Resumo


Os estudos dos mitos de origem das sociedades ameríndias pré-hispânicas têm passado, nas últimas décadas, por revisões, seja do ponto de vista da abordagem, do tratamento destas fontes como objeto da história, do sentido desta linguagem e da sua inclusão como tema histórico-religioso-cultural. Partindo da noção de que os mitos de origem fundamentam, principalmente, a condição e relação entre o sagrado e o humano (mortal, sexuado e cultural), como afirma Mircea Eliade, e indicam uma cosmovisão, analisaremos como a condição humana está presente no Popul Vuh, dos Maias, e na Leyenda de los Soles, dos mexicas, bem como a presença destas fontes e temas no ensino da História. Por exemplo, Irene Nicholson, no livro México e América Central, apresenta uma versão dos cinco sóis muito distinta daquela considerada original.


Palavras-chave


História. Popol Vuh, Leyenda de los Soles. Humanos. Ensino.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais




ISSN: 1981-478X


 Periodicidade: Semestral

Indexadores:

 

 

Foi confirmada a inclusão do periódico, para breve, no seguinte indexador: