CONSCIÊNCIA NEGRA, PRÁTICAS CULTURAIS E IDENTIDADES SOCIAIS NO ENSINO DE HISTÓRIA

Emilio Gonzalez

Resumo

Partindo de algumas experiências realizadas em sala de aula e atividades extracurriculares levadas a cabo entre 2009 e 2011 na UTFPR, em Campo Mourão, PR, este artigo tem como objetivo refletir acerca da comemoração do Dia da Consciência Negra e das possibilidades de abordagem das culturas afrodescendentes no ensino de história. O texto ainda reflete acerca da riqueza de manifestações de natureza étnico-culturais existentes na região, e que apontam a necessidade de um urgente trabalho de mapeamento, catalogação e organização de acervos que poderão subsidiar a produção da memória destes grupos, afrodescendentes, migrantes e moradores de áreas de periferias da região.

Palavras-chave

Celebração do Dia da Consciência Negra, grupos afrodescendentes, cultura popular, ensino de História.

Texto completo:

PDF