PRODUÇÃO E CONSUMO DE ALIMENTOS: O PAPEL DAS POLÍTICAS PÚBLICAS NA RELAÇÃO ENTRE O PLANTAR E O COMER

Islandia Bezerra, Sergio Schneider

Resumo


Recentemente se observa um interesse tanto social quanto acadêmico na busca por estimular, bem como compreender os chamados circuitos locais de produção-consumo de alimentos. Contudo, há de se considerar que estes são, em geral, complexos e agrega-se ainda a necessidade de contemplar neste debate os aspectos relacionados à Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (SSAN). O atual modelo de produção e consumo de alimentos está associado a riscos importantes não só em termos de saúde e qualidade dos alimentos, mas também na dimensão social e cultural, principalmente no que se refere à pauperização do pequeno e médio agricultor. Ou, ainda, na interferência na cultura alimentar, cujas alterações vem reduzindo, sobremaneira, o consumo de alimentos produzidos local e/ou regionalmente descaracterizando, assim, o consumo típico-tradicional de um povo. Desse modo, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) discutido e apresentado neste artigo traz este enfoque. Trata-se, prioritariamente, de uma pesquisa fruto de tese doutoral realizada na região centro-sul do Paraná.


Palavras-chave


Política pública; Produção; Consumo alimentar; Segurança Alimentar e Nutricional (SAN).

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Faz Ciência


ISSN 1677-0439 (versão impressa) – ISSN 1983-148X (versão eletrônica)

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Francisco Beltrão

Rua Maringá, 1200 - Bairro Vila Nova

Francisco Beltrão – Paraná - CEP: 85605-010

revista.fazciencia@unioeste.br |