O “POPULAR” E O “ERUDITO” NA HISTÓRIA E NA LITERATURA A PARTIR DE OBRAS DE CAROLINA MARIA DE JESUS

Autores

  • Sara Munique Noal

Resumo


Esse artigo tem como objetivo explicitar algumas das possibilidades de interação entre a História e a Literatura a partir dos escritos de Carolina Maria de Jesus. O eixo principal dessa discussão é a relação entre a “cultura popular” e a “cultura erudita” na constituição de Carolina enquanto trabalhadora e escritora. Essas questões fazem parte das discussões que estão sendo desenvolvidas em minha dissertação de mestrado intitulada “Carolina Maria de Jesus: registros das formas de pensar e sentir dos trabalhadores pobres no Brasil (1920-1970)”. Para o desenvolvimento desse artigo, em particular, utilizaremos como fontes os diários Quarto de Despejo, Casa de Alvenaria e Diário de Bitita e o romance Pedaços da Fome.

Downloads

Publicado

20-05-2019

Como Citar

NOAL, S. M. O “POPULAR” E O “ERUDITO” NA HISTÓRIA E NA LITERATURA A PARTIR DE OBRAS DE CAROLINA MARIA DE JESUS. Espaço Plural, [S. l.], v. 18, n. 37, p. 37–57, 2019. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/espacoplural/article/view/22419. Acesso em: 28 nov. 2021.

Edição

Seção

Dossiê "História e Literatura: relações interdisciplinares"