QUALIDADE DO MEL NO MUNICÍPIO DE FRANCISCO BELTRÃO – PR

Autores

  • Magali Biondo
  • Kérley Braga Pereira Bento Casaril
  • Ana Paula Vieira

DOI:

https://doi.org/10.48075/rfc.v18i27.12505

Resumo


O mel de abelhas é um produto muito apreciado, porém de fácil adulteração. Para a determinação de sua qualidade é necessário a realização de algumas análises. O presente trabalho objetivou avaliar a qualidade dos méis (Apis melífera) produzidos e comercializados no município de Francisco Beltrão – PR, através de análises físico-químicas, microbiológicas e de rotulagem de oito amostras. Todas as amostras apresentaram resultados de acordo com os limites estabelecidos pela legislação vigente, para análise de cinzas, acidez e hidroximetilfurfural (HMF). No entanto, para a análise de umidade, quatro amostras apresentaram resultados discordantes. Quanto às análises de fraudes, nenhuma amostra apresentou indícios de adição por açúcar, amido ou diluentes. As análises microbiológicas das amostras não apresentaram contaminação microbiana, indicando manipulação com qualidade higiênico-sanitária do produto. Quanto às análises de rotulagem obrigatória, as amostras apresentaram irregularidades em relação à falta de informação.

Downloads

Publicado

21-12-2016

Como Citar

BIONDO, M.; CASARIL, K. B. P. B.; VIEIRA, A. P. QUALIDADE DO MEL NO MUNICÍPIO DE FRANCISCO BELTRÃO – PR. Revista Faz Ciência, [S. l.], v. 18, n. 27, p. 140, 2016. DOI: 10.48075/rfc.v18i27.12505. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/fazciencia/article/view/12505. Acesso em: 19 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos