FORMAÇÃO LINGUÍSTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL I: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ATUAÇÃO NO PIBID-UFSCar

Autores

Palavras-chave:

Variação Linguística. Ensino de Língua Portuguesa. Ensino de Língua Espanhola. Ensino de Língua(s).

Resumo


Seguindo os princípios interdisciplinar e colaborativo assumidos pelo projeto do PIBID UFSCar, intitulado “Parceria colaborativa entre universidade e escola: contribuições para a iniciação à docência”, pudemos desenvolver uma atividade, ao longo do ano letivo de 2019, concernente à formação linguística voltada para a reflexão de aspectos próprios do funcionamento das línguas Portuguesa e Espanhola, junto a alunos dos anos iniciais de uma escola municipal de ensino básico do interior de São Paulo. A atividade consistiu na abordagem de um dos temas fundamentais para uma reflexão crítica e emancipadora sobre a língua: o princípio da “variação linguística”, e com ele o da “mudança linguística” e do “preconceito linguístico”, entre outros. Para isso, nos valemos, nos encontros com esses alunos, de uma coletânea de textos (breves) em língua portuguesa e em língua espanhola, de diferentes gêneros, nos quais se encontravam exemplos de variação linguística, tanto regional, como relativas à classe social, idade, gênero e escolaridade. Em sua leitura, problematizamos as diferentes finalidades, públicos e circunstâncias de enunciação de cada um desses textos, de maneira a expô-los a uma postura diante das línguas mais comprometida com a descrição e com a reflexão sobre os usos linguísticos variados, e menos presa à tendência “corretivista” e normativista que em geral regula a maioria das “opiniões” leigas sobre a língua e seu ensino. A participação entusiasmada dos alunos nessas atividades resultou em uma série de relatos e de exemplos que eles próprios compilaram de variação linguística junto a seus familiares, tal como descreveremos neste relato.

Biografia do Autor

Luzmara Curcino, Universidade Federal de São Carlos

Professora associada no Departamento de Letras na Universidade Federal de São Carlos e atua nos cursos de Licenciatura em Letras e Bacharelado em Linguística. Atua ainda no Programa de Pós-Graduação em Linguística desta mesma instituição, nas linhas de pesquisa "Ensino e Aprendizagem de Línguas" e "Linguagem e Discurso". Coordena o LIRE - Laboratório de estudos da Leitura, desde 2009.  Coordenadora da área de Letras do PIBID/UFSCar.

Ana Cláudia Giglioti Françoso, EMEB Dalila Galli

Professora de Português na EMEB Dalila Galli e atua como supervisora da área de Letras do PIBID/UFSCar

Ana Cláudia Pasian Cardinal, EMEB Dalila Galli

Pedagoga e professora do 3º ano do Ensino Fundamental I, na EMEB Dalila Galli. Supervisora da área de Pedagogia do PIBID/UFSCar.

Caroline Postali, Universidade Federal de São Carlos

Discente do Curso de Licenciatura em Letras Português-Espanhol, na UFSCar, e membro da equipe PIBID/UFSCar da área de Letras.

João Aparecido Pagnoca Chinez, Universidade Federal de São Carlos

Discente do Curso de Licenciatura em Letras Português-Espanhol, na UFSCar, e membro da equipe PIBID/UFSCar da área de Letras.

Referências

BAGNO, M. Preconceito Lingüístico: o que é, como se faz. São Paulo: Edições Loyola, 1999.

BAGNO, M. Não é errado falar assim! Em defesa do português brasileiro. São Paulo: Parábola, 2009.

BAGNO, M. Preconceito Linguístico. [edição revista e ampliada]. São Paulo: Parábola, 2015.

BOZZINI, I. C. T.; ONOFRE, M. R.; SANTOS, I. M. S.; SEBASTIANI, R. (Orgs.). PIBID UFSCar: uma parceria colaborativa entre universidade e escola. São Carlos: Pedro & João Editores, 2018.

BRASIL, Ministério da Educação. CAMPANHA de Valorização das Culturas dos Povos Indígena. Produção: Grupo de Trabalho para as Culturas Indígenas – GT; Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (SID/MinC). Brasil: Governo Federal, 2007. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Hc1469NV9Tg. Acesso em: 7 out. 2020.

COAN, M.; OLIVEIRA PONTES, V. Variedades linguísticas e ensino de espanhol no Brasil. In: Trama, [S.l.], v. 9, n. 18, p. 179-191, jun. 2013. Disponível em: http://e-revista.unioeste.br/index.php/trama/article/view/8252/6079. Acesso em: 24 out. 2020.

DOMINGO Espetacular. Achamos no Brasil: conheça a cidade que se orgulha de falar "caipirês". 21 fev. 2016. Disponível em: https://recordtv.r7.com/domingo-espetacular/videos/achamos-no-brasil-conheca-a-cidade-que-se-orgulha-de-falar-caipires-14092018. Acesso em: 1 abr. 2019.

FAZENDA, I.C.A. Interdisciplinaridade: qual o sentido? São Paulo: Paulus, 2003, 85p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 25ª Edição. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

JAEGER, W. Paidéia: a formação do homem grego. 3.ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 1995.

JORNAL Hoje. Sotaques do Brasil mostra os jeitos diferentes de falar brasileiro. 15 jul 2015. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=HwHfkuRCflc&amp=&t=3s. Acesso em: 1 abr. 2019.

HOUAISS, A.; VILLAR, M. S.; FRANCO, F.M.M. Dicionário eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa. Editoria Objetiva.; 2005.

LUCCHESI, D. Língua e Sociedade partidas: a polarização sociolinguística do Brasil. São Paulo: Contexto, 2015.

MATTOS E SILVA, R. V. Teorias da mudança lingüística e a sua relação com a(s) história(s) da(s) língua(s). In: Revista de Estudos Linguísticos da Universidade do Porto - Vol. 3 – 2008. Disponível em: https://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/6874.pdf. Acesso: 20 de outubro de 2020.

QUADROS-LEITE, M. Preconceito e intolerância na linguagem. São Paulo: Contexto, 2008.

SOARES, M. Linguagem e escola: uma perspectiva social. São Paulo: Editora Ática, 1996.

SOUSA, M. C. Práticas interdisciplinares no PIBID-UFSCar: contribuições para a formação docente. In: Didática e Prática de Ensino na relação com a Formação de Professores. Ebook XVII ENDIPE. Fortaleza: EdUECE, 2014.

SOUZA, C. R. S. E. ; FERREIRA, K. Q. . O papel social da escola. Disciplinarum Scientia. Série Ciências Sociais e Humanas (Cessou em 2002. Cont. 1981-1381 Disciplinarum Scientia. Série Ciências Humanas), v. 5, p. 167-177, 2007.

VIVA: A Vida é Uma Festa. Direção de Adrian Molina e Lee Unkrich. Estados Unidos: Pixar Animation Studios, 2017. DVD (109 min.).

Downloads

Publicado

14-02-2022

Como Citar

CURCINO, L.; FRANÇOSO, A. C. G.; CARDINAL, A. C. P.; POSTALI, C.; CHINEZ, J. A. P. FORMAÇÃO LINGUÍSTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL I: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ATUAÇÃO NO PIBID-UFSCar. Temas & Matizes, [S. l.], v. 15, n. 26, p. 390–411, 2022. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/temasematizes/article/view/26170. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊS:Experiências e desafios do Pibid e do Programa de Residência Pedagógica na formação de professores