A PRÁTICA DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS DURANTE A PANDEMIA

Autores

  • Vinícius de Oliveira Silva Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE https://orcid.org/0000-0002-1367-9214
  • Fernanda Salla Brandini Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Adriana Aparecida Mendonça Vaz

Resumo


Este artigo é resultado de um dos subprojetos desenvolvidos por bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) na temática de alfabetização e letramento e que teve por subtemática a contação de histórias aos alunos das séries iniciais do ensino fundamental de duas escolas públicas no município de Cascavel - PR. A pesquisa teve por objetivo analisar a importância da contação de histórias durante o desenvolvimento infantil e como sua prática contribui tanto para a formação de novos leitores, quanto para o enriquecimento metodológico do professor contador, uma vez que a prática desta atividade pode ser instrumento de mediação do conhecimento a partir de histórias que reflitam acerca das questões sociais. Buscou-se também refletir sobre os novos encaminhamentos metodológicos implementados na educação durante a pandemia da COVID-19, assim como descrever por meio de relato de experiência os resultados da atividade desenvolvida. Para a discussão teórica, realizou-se um levantamento bibliográfico utilizando autores que abordassem a relação entre contação de histórias e o desenvolvimento da criança, dentre os quais é possível destacar, Cardoso (2016); Cachoeira (2014); Freire (1989) e Sanches (2016). Foi possível observar que o surgimento da pandemia e a extensão do isolamento social alteraram drasticamente o modo de vida das pessoas. Quanto às mudanças no sistema educacional brasileiro, percebeu-se que até mesmo com a implementação de aulas remotas muitos alunos tiveram dificuldades de se adaptar às mudanças e lidar com tantas emoções ao mesmo tempo (ansiedade, estresse, desmotivação), e nesse quesito o presente estudo que aborda também a relação da contação de histórias com a aprendizagem, apresentou uma alternativa eficaz tanto para promover o bem-estar dos envolvidos, aproximando os vínculos entre família, escola e professor, quanto para possibilitar ao educador transmitir por meio da história reflexões sobre questões sociais de maneira lúdica.

Biografia do Autor

Vinícius de Oliveira Silva, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Graduando de Pedagogia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE, Cascavel - PR.

Downloads

Publicado

14-02-2022

Como Citar

DE OLIVEIRA SILVA, V.; SALLA BRANDINI, F.; APARECIDA MENDONÇA VAZ, A. . A PRÁTICA DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS DURANTE A PANDEMIA. Temas & Matizes, [S. l.], v. 15, n. 26, p. 14–33, 2022. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/temasematizes/article/view/28655. Acesso em: 14 ago. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊS:Experiências e desafios do Pibid e do Programa de Residência Pedagógica na formação de professores