Práticas e indicadores de sustentabilidade em incubadoras tecnológicas do Sudoeste do Paraná e Oeste Catarinense

Autores

  • Idenilse Deniz da Rocha Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECÓ
  • Odair Schmidt Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECÓ
  • Silvana Veroneze Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECÓ
  • Ana Júlia Batistella Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECÓ https://orcid.org/0000-0002-7988-7083
  • Antonio Zanin Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS https://orcid.org/0000-0001-7837-7375

DOI:

https://doi.org/10.48075/comsus.v8i1.27203

Palavras-chave:

Sustentabilidade, Incubadoras, Práticas e Indicadores

Resumo


O objetivo do estudo é analisar as práticas e os indicadores de sustentabilidade utilizados por empresas incubadas nas regiões Sudoeste do Paraná e Oeste de Santa Catarina. Para isso realizou-se uma pesquisa descritiva, com estratégia de levantamento de dados e abordagem quantitativa. Para avaliar e apresentar o uso de ações sustentáveis adaptou-se o questionário proposto por Strobel (2005) com intuito de abordar as práticas sociais, ambientais e econômicas de cada empresa. A coleta de dados foi realizada no período de setembro de 2019 a outubro de 2020. A análise dos dados deu-se por meio de estatística descritiva (frequência absoluta, frequência relativa, mínimo, máximo, média, desvio padrão) e a aplicação da técnica de entropia informacional. Os resultados apontam que o uso de práticas e indicadores pelas empresas na dimensão Econômica seguem o contexto Tripé da Sustentabilidade, pois a grande maioria das empresas contribui com maior representatividade para a dimensão econômica, direcionando menor atenção às dimensões sociais e ambientais.

Biografia do Autor

Idenilse Deniz da Rocha, Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECÓ

Graduada em Ciências Contábeis (UNOCHAPECÓ)

Odair Schmidt, Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECÓ

Mestrando em Ciências Contábeis e Administração - UNOCHAPECÓ

Silvana Veroneze, Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECÓ

Mestreanda em Ciências Contábeis e Administração - UNOCHAPECÓ

Ana Júlia Batistella, Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECÓ

Mestre em Ciências Contábeis e Administração - UNOCHAPECÓ

Antonio Zanin, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS

Graduado em Ciências Contábeis (UNOESC)Mestrado em Contabilidade (PUC/SP)Doutorado em Engenharia de Produção (UFRGS)Professor Adjunto A - UFMS Câmpus Nona Andradina - MSProfessor no Programa de Mestrado em Ciências Contábeis (ESAN) UFMS, Câmpus Campo Grande - MS

Downloads

Publicado

27-08-2021

Como Citar

ROCHA, I. D. da; SCHMIDT, O.; VERONEZE, S.; BATISTELLA, A. J.; ZANIN, A. Práticas e indicadores de sustentabilidade em incubadoras tecnológicas do Sudoeste do Paraná e Oeste Catarinense. Revista Competitividade e Sustentabilidade, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 115–132, 2021. DOI: 10.48075/comsus.v8i1.27203. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/comsus/article/view/27203. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos